Cavani não diminui pedida salarial: 12 milhões de euros por ano


Aos 33 anos, o atacante Edinson Cavani busca seu último grande contrato na carreira. Neste sentido, o atleta, que encerra seu vínculo com o Paris Saint-Germain no dia 30, não diminuiu a pedida salarial aos clubes interessados. Ele deseja tirar proveito de estar livre no mercado em meio à uma pandemia e conseguir algo em torno de 12 milhões de euros por ano.

No entanto, segundo o jornal italiano 'Gazzetta dello Sport', a Inter de Milão não tem intenção de chegar neste valor. O clube pagaria no máximo 9 milhões por ano pelo jogador uruguaio, o que pode melar o negócio. Por outro lado, Cavani é o sonho do Boca Juniors, e um retorno ao futebol sul-americano pode ser interessante para o atleta, mas os valores pedidos também assustaram a equipe argentina.

Atualmente, o atleta recebe no time parisiense 12 milhões de euros por temporada. Além da Inter de Milão, Atlético de Madrid, Newcastle e Manchester United também demonstraram interesse no atacante, mas os valores podem arrastar as negociações e o futuro do jogador segue indefinido para a temporada 2020/21.

Desde 2013, o uruguaio disputou 301 partidas e marcou 200 gols com a camisa do PSG. Ao todo, foram seis títulos do Campeonato Francês, cinco Copas da Liga Francesa, quatro Supercopas da França e mais quatro Copas da França.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também