De Cavani a Borré: a zoeira dos rivais e a frustração dos gremistas com as "quase contratações"

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

Em 2020, o torcedor do Grêmio sonhou com Edinson Cavani e recebeu Diego Churín. Agora, em 2021, o mesmo tricolor viu o clube chegar a um acordo com Rafael Borré e vai receber... Bem, ainda não se sabe quem é o próximo alvo da direção azul depois da desistência oficial em contratar o atacante colombiano do River Plate, mas é fato que essa situação mobilizou gremistas e colorados nas redes sociais.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Na noite de terça-feira, o clube gaúcho publicou uma nota oficial dando conta de que, por "insegurança" gerada na hesitação do atleta em assinar o pré-contrato, estava saindo das tratativas. Em meio a essa situação, o empresário André Cury tentava, de todas as formas, convencer o presidente Romildo Bolzan Júnior a esperar até quinta, com a garantia de que o desejado documento chegaria à Arena. Nessas alturas, o dirigente já estava irredutível.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Diante deste fato, a torcida azul se dividiu. Muitos deixaram de lado a euforia para apoiar o clube e dizer que se sentiram representados pela atitude de Romildo, que colocou a instituição acima de vaidades pessoais. Além disso, lembraram que o alto investimento previsto em cima de Borré (cerca de R$ 120 milhões em cinco anos) seria arriscado demais. Outros, porém, lembraram da própria situação envolvendo Cavani e a frustração de sonhar alto e "cair do cavalo" mais uma vez. Por sua vez, os fãs do Internacional partiram para a zoação. Lembraram das caixas de som colocadas no Olímpico para receber Ronaldinho Gaúcho, em 2011, e, claro, tiraram onda. Tudo dentro dos conformes.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.