Cavaleiro australiano está fora das Olimpíadas após ser pego no doping

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio ainda nem aconteceu e já foi constatado o primeiro caso de doping do torneio. Nesta quarta-feira, a federação de hipismo da Austrália informou que Jamie Kermond testou positivo para um metabólico da cocaína e está fora da disputa das Olimpíadas.

+ Confira a agenda do primeiro dia de eventos em Tóquio

- A cocaína é proibida em competição pela Agência Mundial Antidopagem (WADA) e pela Política Nacional Antidopagem Australiana de 2021. O Sr. Kermond está proibido de participar de qualquer evento compatível com a WADA, incluindo os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, enquanto a suspensão provisória estiver em vigor - informou a federação.

+ Japão vence Austrália no Softbol no primeiro evento das Olimpíadas

Aos 36 anos, Jamie Kermond disputaria a primeira Olimpíada da carreira, fazendo parte do time de saltos do hipismo australiano. Kermond viajaria na última terça-feira quando soube do resultado do exame. O atleta ainda terá direito a uma contraprova. Atualmente, o cavaleiro ocupa a 103ª posição no ranking mundial.

+ Douglas Souza, do vôlei, faz sucesso nas redes sociais em Tóquio

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos