Catar quer maratona olímpica com ar condicionado

Estádios da Copa do Mundo têm sistema de ar condicionado para amenizar calor do Catar. Foto: Simon Stacpoole/Offside/Offside via Getty Images
Estádios da Copa do Mundo têm sistema de ar condicionado para amenizar calor do Catar. Foto: Simon Stacpoole/Offside/Offside via Getty Images

Parece mesmo que o Catar se empolgou em sediar grandes eventos esportivos. Após a Copa do Mundo com estádios climatizados, o engenheiro que desenvolveu o sistema de ar condicionado dos estádios diz que seria possível projetar um sistema de refrigeração para uma maratona caso o país se candidatasse aos Jogos Olímpicos.

Após a última notícia de que o país asiático poderia se candidatar para sediar o evento olímpico de 2036, o engenheiro Saud Abdulaziz Abdul Ghani, conhecido como Dr. Cool, afirmou que o Catar já "provou" sua capacidade tecnológica para a Copa do Mundo e pode repetir o feito para um novo evento.

Leia também:

Doha foi candidata aos Jogos Olímpicos de 2016 e 2020, sediou a Copa do Mundo de Atletismo em 2019 e agora é sede da Copa do Mundo de Futebol. Ambas as competições tiveram que ser adiadas de suas datas originais, no verão, devido às altas temperaturas.

De fato, o Campeonato Mundial de Atletismo foi realizado no Khalifa Stadium, com ar-condicionado, mas os atletas das provas realizadas fora do estádio sofreram com as altas temperaturas. A maratona feminina, por exemplo, teve que começar de madrugada e apenas 40 das 68 corredoras conseguiram terminar a prova, com temperaturas de até 30 graus.

Assim, este engenheiro assegurou à AFP que "é exequível e possível. Do ponto de vista da engenharia, tudo é possível. Não é preciso uma rua. Talvez existam estações de refrigeração. Mostramos ao mundo que tecnologicamente temos capacidade", disse, referindo -se à Copa do Mundo. "Fizemos isso e podemos fazer de novo."

Já existem ruas climatizadas no bairro de Katara e uma pista de corrida climatizada de 1,1 km em um dos parques da cidade. Diante das críticas ao desperdício de energia que essa aposta acarreta, Saud respondeu que "a energia solar do Catar mais do que compensa a energia utilizada".