Catar é 1º eliminado da Copa e zagueiro pede desculpas: "Desapontamos muitas pessoas"

Zagueiro do Catar Tarek Salman lamenta após jogo contra Senegal (Foto: James Williamson - AMA/Getty Images)
Zagueiro do Catar Tarek Salman lamenta após jogo contra Senegal (Foto: James Williamson - AMA/Getty Images)

O Catar é o primeiro país eliminado da Copa do Mundo deste ano. Sede do torneio, a seleção catari sofreu duas derrotas em dois jogos e só assinalou um gol até aqui, marcado por Muntari. Nesta sexta-feira (25), a equipe perdeu para o Senegal por 3 a 1. O empate entre Holanda e Equador cravou a eliminação.

A esperança, segundo o zagueiro Tarek Salman, é de fazer um bom jogo na última rodada, para honrar os torcedores e o país. A partida será na próxima terça-feira (29), contra a Holanda. O Grupo A ainda tem a disputa de vagas entre as três seleções, já que Equador e Holanda têm quatro pontos, enquanto Senegal soma três.

Leia também:

"Estamos nos sentido mal. Nós pedimos desculpas aos nossos torcedores e ao nosso país. Nós desapontamos muitas pessoas que criaram expectativas em relação a nós", disse o zagueiro.

"Cometemos dois erros que nos custaram dois gols, mas acredito que jogamos bem em vários momentos, tivemos boas chances. Nós pedimos desculpas pelo jogo de hoje, mas cada jogo é diferente, teremos uma próxima partida e poderemos pelo menos fazer um bom jogo", complementou.

Até agora, a única coisa que o Catar tem para comemorar é seu primeiro gol na história das Copas do Mundo: um cabeceio de Muntari no segundo tempo.

"Claro que é importante marcar um gol. O gol é importante, mas os três pontos são mais. Então ok, fizemos história ao marcar nosso primeiro em gol em Copa, mas não traz benefícios pra gente. Esperamos que na próxima partida nós façamos uma boa partida e orgulhemos nossa torcida", concluiu.