Católica e San Lorenzo empatam; Flamengo e Furacão agradecem

Para a alegria de Flamengo e Atlético-PR, Universidad Católica e San Lorenzo ficaram no 1 a 1 na noite dessa quarta-feira. Assim, o caminho ficou livre para os cariocas assumirem a liderança isolada do Grupo 4 depois de três rodadas pela Copa Libertadores da América e manteve o Furacão vivo na briga. O empate deixou os chilenos com quatro pontos, na segunda colocação, e o argentinos em último, com três pontos.

Apesar de visitante no estádio San Carlos de Apoquindo, o San Lorenzo foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar aos 19 minutos com Blandi. O vacilo da equipe argentina foi não ter matado o jogo quando estava. Aos 26, Belluschi teve uma grande chance, mas parou no goleiro Toselli.

O castigo veio logo aos cinco minutos da etapa final. Buonanotte arriscou de longe e acertou um lindo chute, sem chances para Torrico. A partir disso, a partida se transformou em muita pressão da Universidad Católica, mas o placar não foi mais alterado, porque o time da casa também não teve competência para aproveitar suas oportunidades.

Na próxima rodada, as duas equipes voltam a se enfrentar, dia 25, dessa vez no estádio Nuevo Gasómetro, casa do San Lorenzo.

Grupo 8

O Guarani deixou claro na noite dessa quarta-feira que será o grande adversário do Grêmio na briga pela liderança do Grupo 8 da Copa Libertadores da América. Jogando em casa, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, os paraguaios venceram o Zamora por 3 a 1 e chegaram aos mesmos seis pontos do Tricolor Gaúcho, que segue à frente por causa do segundo critério de desempate, que é o de gols marcados (5 a 4), já que ambos têm três gols de saldo.

García abriu o placar para o Guarani, mas Falcón deixou tudo igual ainda na primeira etapa. No segundo tempo, com gols de Cabral e Palau, apesar de muito sofrimento, o Guarani confirmou a sua vitória, deixando o Zamora em último no Grupo 8, ainda zerado, assim como o Deportes Iquique.