Castellar Neto ganha força para assumir presidência da CBF

·1 minuto de leitura


Castellar Gumarães Neto, ex-presidente da Federação Mineira e um dos oito vice-presidentes da CBF, ganha força nos bastidores para assumir o comando da entidade e suceder Rogério Caboclo. No momento, Coronel Nunes é o mandatário de forma provisória.

O nome do advogado é consenso para assumir a cargo máximo do organismo que gere o futebol brasileiro. As articulações para levar Neto ao comando da CBF até 2023, quando encerraria o mandato de Caboclo, são lideradas por Walter Feldman, secretário-geral da entidade.

> Veja a tabela da Copa América

Rogério Caboclo foi afastado da presidênca no último domingo pelo Comitê de Ética da CBF após ser acusado por assédio sexual e moral contra uma funcionária. Apesar da sua ausência ser provisória, há o entendimento de que o personagem não voltará a participar do futebol a nível nacional.

Desde o anúncio de que o Brasil seria sede da Copa América, jogadores e comissão técnica não ficaram satisfeitos com a decisão tomada pelo mandatário afastado sem terem sido avisados por se sentirem expostos a qualquer crítica que fosse feita.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos