Castan destaca a evolução do Vasco com Luxemburgo: 'Em pouco tempo trouxe a confiança de volta'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Após o retorno de Vanderlei Luxemburgo, o Vasco voltou a apresentar um bom futebol na reta final do Campeonato Brasileiro. Com isso, o time conquistou quatro pontos nos últimos dois jogos e deixou o Z4. Em entrevista coletiva, o capitão Leandro Castan analisou as mudanças da postura do time com a volta do experiente treinador.

> Confira a tabela atualizada do Brasileirão 2020 e simule os resultados

- Acredito que passamos por um momento muito difícil, de muita turbulência, um momento complicado. onde nada estava dando certo. Você citou o nome da Maíra Lemos (psicóloga), a admiro muito como profissional. É uma pessoa que me ajudou muito. Para o momento que a gente vivia, a chegada do Vanderlei foi fundamental. Em pouco tempo trouxe a confiança de volta. Não só ele como toda a comissão. Temos um campeonato de 12 jogos, já jogamos dois e nosso objetivo é manter o Vasco na Primeira Divisão - salientou.


- Com a chegada do Vanderlei, ele conhecendo, deu força ao nosso grupo. Em poucos treinamentos, parece que as pernas voltaram a ficar vivas. Foram apenas dois jogos, faltam 10, temos que voltar a ter sempre essa concentração. A reta final do Brasileiro é muito difícil, nosso objetivo é manter o Vasco na Série A, que é o que infelizmente sobrou - disse.

Desde 2018 defendendo as cores do Vasco, o zagueiro também analisou as mudanças estruturais do clube nos últimos meses. Ele destacou a construção do CT do Almirante como um fator importante para o desenvolvimento do futebol do Cruz-Maltino.

- Posso falar o que eu vivi nesses anos que estou aqui. Estruturalmente acho que teve uma mudança muito grande, principalmente no que se diz sobre o CT. É uma mudança muito grande em relação a onde treinávamos, onde concedíamos coletivas no sol. Claro que não conseguimos dar o resultado em campo, nosso melhor momento foi com o Vanderlei em 2019, conseguimos levar o time à Sul-Americana. Acho que a gestão Campello plantou essa semente e espero que com a próxima gestão o Vasco possa estar conquistando algo em campo - analisou.

Fora da zona de rebaixamento depois da vitória no clássico com o Botafogo, o Vasco soma 32 pontos e segue em busca de uma sequência para se livrar matematicamente do perigo de uma queda. No sábado, o time tenta a segunda vitória seguida no Brasileirão, contra o Coritiba, em São Januário, sábado, às 21h (de Brasília).