Cássio evita quebra do tabu do São Paulo em ponto ganho do Corinthians

Cássio segura a bola, em mais uma defesa importante no empate contra o São Paulo. Foto: Marcello Zambrana/AGIF (Marcello Zambrana/AGIF)

Corinthians e São Paulo empataram em mais um Majestoso, na Neo Química Arena. O resultado manteve o tabu corintiano com dez vitórias e seis empates contra o tricolor, nos clássicos disputados na casa corintiana.

Cássio foi o melhor em campo e não é nenhum exagero dizer que, se não fosse ele, o Corinthians seria derrotado. O goleiro fez quatro defesas difíceis, evitando um placar dilatado do adversário. A última, num cabeceio de Igor Gomes, assegurou o ponto ganho para o Corinthians.

O primeiro tempo foi todo do São Paulo, com domínio do meio-campo e boas jogadas ofensivas. Talvez tenha sido a primeira vez que o SP controlou o Corinthians, atuando no estádio rival. Nos acréscimos, o gol de Calleri deixou o escore correto pelo rendimento são-paulino. O apito final do mau árbitro Wilton Pereira Sampaio foi um alívio para a Fiel torcida.

Na segunda etapa, Rogério Ceni mudou o esquema e ajudou o Corinthians, sacando Reinaldo e Rodrigo Nestor. Vitor Pereira mexeu melhor e equilibrou o jogo. É verdade que Jandrei só fez intervenções, mas o Corinthians teve mais volume e ficou perto da área, inúmeras vezes. Num lance pela esquerda, Piton cruzou e Adson cabeceou para igualar o confronto.

O Corinthians segue líder da Série A do Brasileiro e pode comemorar o ponto ganho, chegando a 14. O SP subiu para 12, mas desperdiçou uma grande chance de assumir a ponta, "perdendo" dois pontos pelo rendimento apresentado.

O Corinthians comemora e o SP lamenta. O resumo é esse.

  

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos