Casemiro fala sobre duelo com Messi e pede solidez à Seleção: 'Sozinho, não marco nenhum jogador'

·1 minuto de leitura


O equilíbrio foi visto por Casemiro como crucial para a saga da Seleção Brasileira até a decisão da Copa América. Em entrevista divulgada nesta quinta-feira (8), o camisa 5 canarinho destacou que esta será a arma dos comandados de Tite para levarem a melhor sobre a Argentina na final do sábado (10), às 21h, no Maracanã.

- Acho que tudo na vida é equilíbrio. Sem dúvida, o Mister (Tite) pede equilíbrio, tanto forte defensivamente e também ofensivamente. O futebol está mostrando que a solidez é importantíssima. O futebol pede isso, o futebol pede solidez defensiva, é importantíssimo. O Brasil vai por si só na qualidade. Com solidez defensiva você está mais perto da vitória - declarou.

O meio-campista ainda falou sobre a responsabilidade de marcar Messi.

- Ele é um jogador excepcional, de muita qualidade, por quem tenho muito respeito pelo que fez e segue fazendo no futebol. Ele vai defender a seleção argentina, eu vou defender a Brasileira, cada um vai tentar fazer o seu melhor. No Real Madrid é um pouco parecido com a Seleção Brasileira, ambas marcam por zona, cada um pega quem estiver na sua zona. A zona em que o Messi joga e eu também, a gente acaba se enfrentando bastante no decorrer do jogo - recordou.

Em seguida, Casemiro alertou que a Seleção Brasileira precisa de empenho de sobra na marcação.

- Sozinho não consigo marcar nenhum jogador, tem de ter a ajuda dos companheiros. Não se marca só um jogador, começa no Neymar, no Richarlison, nos jogadores da frente e termina no goleiro. Uma equipe joga com 11, defende com 11 e ataca com 11 - disse.

A Seleção treina nesta quinta-feira, às 15h30, na Granja Comary.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos