Casemiro diz que 'todo mundo sabe' da posição da Seleção sobre a Copa América e garante: 'Queremos falar'

·2 minuto de leitura


Na noite desta sexta-feira, a Seleção Brasileira venceu o Equador por 2 a 0, no Beira-Rio, em partida válida pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar. No entanto, apesar da vitória, o assunto não poderia ser outro senão a realização da Copa América no Brasil. Em entrevista coletiva ao fim do jogo, Casemiro, capitão da equipe, classificou a posição do grupo sobre a realização da competição como "clara".

> Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- Todo mundo já sabe qual é o nosso posicionamento, mas não vamos falar desse assunto. Nosso posicionamento todo mundo sabe. Mais claro impossível. Tite deixou claro para todo mundo qual é o nosso posicionamento e o que nós pensamos da Copa América. Existe respeito, existem hierarquias que temos que respeitar. Claro que queremos dar a nossa opinião, rolaram muitas coisas, mas existe respeito.

> Veja a tabela das Eliminatórias

A Seleção Brasileira volta a campo contra o Paraguai, na próxima terça-feira, às 21h30, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Casemiro confirmou que após esse confronto, os jogadores da Seleção Brasileira querem, sim, externar seus pensamentos sobre a realização da Copa América no Brasil.

- Queremos falar, porque não queremos desviar o foco, porque a Copa do Mundo para nós é isso, isso para nós é Copa do Mundo. Hoje, ganhamos jogo de Copa do Mundo. É importante para nós, mas queremos falar, queremos expressar nossa opinião. Se é certo ou não, cada um vai determinar o que quer, mas nós queremos expressar nossa opinião sim.

> Veja quais são os estádios da Eurocopa e a capacidade liberada para público

- Nós iremos falar. O Tite explicou qual foi a situação. O Tite, realmente, o que ele falou, eu como capitão e como líder dos jogadores, rolou isso mesmo, nós nos posicionamos, nós queremos falar e em um momento oportuno nós iremos falar. Não sou eu, não são os jogadores da Europa, como rolou coisas, mas quando fala alguém, fala o grupo, falam todos os jogadores, com o Tite e com a comissão técnica, tem que ser unanime, tem que ser todos juntos.

*Em atualização