Casemiro diz que terrorismo preocupa, mas não afeta concentração em duelo difícil contra o Bayern

Apesar da vantagem do Real Madrid depois da vitória por 2 a 1 no jogo de ida, o volante Casemiro prevê uma partida complicada contra o Bayern de Munique, nesta terça-feira (18), no Santiago Bernabéu, valendo uma vaga nas semifinais da Chamions League.

“O nosso técnico faz um excelente trabalho, nos deixou muito claro o que tínhamos que fazer na primeira partida. Sabemos que teremos que fazer o máximo na terça, porque será uma partida complicada. Se não ficarmos atentos, teremos problemas”, afirmou.

“O empate é um bom resultado. Mas o Bayern tem uma equipe muito forte e queremos a vitória para nos classificarmos à próxima etapa com tranquilidade”, acrescentou.

casemiro real madrid champions league 041217

(Foto: Getty Images)

Com tantos desfalques na zaga, Casemiro ainda se ofereceu para jogar mais recuado e brincou dizendo até mesmo que atuaria no gol.

“Jogar de zagueiro? Tem que perguntar para o treinador. Posso jogar do que ele quiser. Até de goleiro”, declarou.

VEJA TAMBÉM:

Questionado sobre a preocupação após a explosão que atingiu o ônibus do Borussia Dortmund e feriu o zagueiro Marc Bartra na última semana, o brasileiro mostrou preocupação, mas disse que o caso não afeta a concentração da equipe.

“Nós estamos tão concentrados no jogo que não cabe pensar nisso. O Real tem um sistema de segurança por trás que é excepcional. Claro que isso preocupa, porque são jogadores como nós. Mas estamos tão concentrados no jogo que isso não nos afeta”, finalizou.