Casemiro: da final da Champions contra a Juve a ‘artilheiro’ no Real de Zidane

Goal.com

Todos sabem a importância defensiva que Casemiro tem no Real Madrid de Zidane. Ao longo do tricampeonato da Liga dos Campeões, foi o principal ponto de sustentação da equipe para que Marcelo, Kroos, Modric, CR7 e Benzema pudessem atacar com liberdade. Mas, aos poucos, o volante vai mostrando que também pode ser muito importante para a produção ofensiva da equipe, principalmente em jogos decisivos.

No último domingo (28), foi do brasileiro o único gol da vitória merengue sobre o Espanyol, permitindo que o Real abrisse dois pontos de vantagem para o Barcelona na briga pelo título de La Liga. Além do gol em si, Casemiro quase balançou as redes mais duas vezes e participou bastante da criação de jogadas, sem deixar sua habitual eficiência na parte defensiva e nas roubadas de bola.

Mas a evolução ofensiva de Casemiro começou bem antes desta temporada. A primeira grande amostra disso foi na final da Champions League de 2016/17, contra a Juventus. Quando a partida ainda estava empatada em 1 a 1, o brasileiro acertou um chute de muito longe para colocar o Real na frente do placar e abrir caminho para mais uma orelhuda na coleção dos espanhóis.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Casemiro Benzema Real Madrid 2020
Casemiro Benzema Real Madrid 2020
Foto: Getty Images

A partir disso, Zidane começou a olhar com mais atenção para a capacidade de Casemiro subir ao ataque. Então, na temporada 2017/18, o jogador atingiu sua melhor marca em termos ofensivos, com sete gols marcados, e passou a participar mais da criação das jogadas. Porém, viu seu rendimento cair com a saída de Zidane da equipe e quase foi colocado como um candidato a deixar o clube merengue.

Nesta temporada, ao lado do treinador mais uma vez, o camisa 5 recuperou a boa forma e vem sendo cada vez mais decisivo. Além do jogo de ontem, ele também foi o responsável pela vitória do Real Madrid contra o Sevilla, pelo primeiro turno de La Liga, marcando os dois gols merengues da partida - algo que o volante nunca havia feito em sua carreira

Após o jogo, Zidane comentou que, apesar de jogar como primeiro volante, Casemiro pode jogar mais à frente e tem qualidade suficiente para isso.

“Não me surpreende que ele pise na área. É um jogador que pode subir (ao ataque). Logo, é importante e está demonstrando isso”, destacou o treinador.

Além disso, também é importante destacar que o camisa 5 começou sua carreira no São Paulo como um segundo volante que subia mais ao ataque, e foi deslocado para uma posição mais defensiva apenas quando se transferiu para a Europa.

Nesta temporada, Casemiro já chega a cinco gols e pode igualar sua melhor temporada em termos ofensivos pelo Real. Além das partidas decisivas em La Liga, o Real ainda tem a Champions League em agosto. E se depender da estrela do brasileiro para marcar em jogos importantes, mais gols devem vir por aí.

Leia também