Casagrande liga agressão ao árbitro e eleições de 2018: 'Ódio está dentro da sociedade brasileira'

·2 minuto de leitura


O comentarista do Grupo Globo Walter Casagrande comentou sobre a agressão ao árbitro Rodrigo Crivellaro, que levou um chute na cabeça do jogador William Ribeiro, do São Paulo de Rio Grande. Para Casagrande, a cena é fruto da 'semente do ódio plantada em 2018', se referindo às eleições para a presidência da república.

O ex-jogador é crítico assíduo do presidente Jair Bolsonaro. Ao longo da pandemia, Casagrande teceu fortes críticas contra o político e chegou a disparar contra Neymar, chamando o camisa 10 do PSG de 'súdito de Bolsonaro'.

No Twitter, o comentarista apareceu entre os assuntos mais comentados da rede após a declaração no SporTV.

- Aquilo que aconteceu no Sul é a semente do ódio que foi plantada lá em 2018 e muita gente agarrou. Então, o ódio está dentro da sociedade brasileira. Esse é um dos problemas que nós temos que acabar: é a sociedade que tem que acabar com o ódio - disse Casagrande.

CONFIRA A REPERCUSSÃO NA WEB

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos