Casagrande e RMP criticam escolha de Tite na Seleção contra Camarões

Comentaristas criticam escolha da comissão técnica (Foto: Montagem Lance!/Reprodução)


Com a classificação garantida para as oitavas de final da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira deve entrar em campo na próxima sexta-feira, dia 2 de dezembro, na partida contra Camarões, com muitas alterações na equipe. Ao que tudo indica, o técnico Tite optou em colocar o time inteiro reserva na última rodada do Grupo G e os jornalistas Walter Casagrande e Renato Maurício Prado criticaram a provável decisão do treinador durante o programa "UOL News Copa".

Embora Tite não tenha o costume de fazer essas alterações em grande escala, um dos motivos para a decisão é o fato do tempo de recuperação entre o jogo com Camarões e a partida das oitavas ser de menos de 72 horas. Dessa forma, além das lesões de Neymar, Danilo e Alex Sandro, a parte física dos jogadores está sendo levada em consideração.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Mas, para Walter Casagrande, poupar os titulares é uma decisão equivocada, uma vez que a Copa do Mundo é um torneio curto e os principais jogadores ficariam quase uma semana sem jogar.

- Eu não pouparia não. Até porque, é assim, o último jogo, com o Brasil já classificado, ele faz parte de uma preparação de ritmo de jogo para as oitavas. Então você vai tirar todos os titulares do jogo de sexta. Eles vão ficar sem jogar uma semana. Uma semana sem que os titulares joguem. Eu acho muito para uma competição importantíssima, super difícil, que o adversários das oitavas vai jogar na sexta com titular e vai chegar na segunda-feira cheio de moral cheio de energia - disse Casagrande.

+ Ex-jornalista da Globo revela 'noite desesperadora' após entrar na torcida do Irã em jogo da Copa

Já na visão de Renato Maurício Prado, a escolha de colocar o time inteiro reserva "não faz nenhum sentido".

- Eu estou achando meio estranho essa história de colocar o time reserva inteiro. Eu acho que faria sentido ele usar alguns reservas, ele poupar alguns titulares que estivessem mais desgastados. Mas botar o time reserva inteiro não faz nenhum sentido na minha cabeça. Até parece que a seleção brasileira, a titular, está voando - disse Renato Maurício Prado.

+ DJ apontada como affair de jogador da Seleção Brasileira coloca emoji de aliança na rede social

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com a probabilidade de utilizar uma equipe alternativa, a Seleção Brasileira volta a campo na próxima sexta-feira, dia 2 de dezembro, às 16h, diante de Camarões. Nas oitavas de final, o Brasil vai enfrentar um dos classificados do Grupo H, que conta com Portugal, Gana, Coreia do Sul e Uruguai.