Casagrande diz que futebol do Brasil 'não tem comparação' com seleções da Europa: 'Estamos longe'

·1 minuto de leitura


O comentarista Walter Casagrande fez uma comparação em seu blog no site 'ge.globo' sobre o futebol apresentado pela Seleção Brasileira em comparação ao duelo entre França x Bélgica, pela Liga das Nações e afirmou que 'não há comparação' entre o futebol apresentado nos dois continentes.

No duelo europeu, a Bélgica chegou a abrir 2 a 0, mas tomou a virada da França, que avançou na competição.

- Não tem comparação entre o futebol jogado na Europa com o que vemos na América do Sul. Estamos longe de chegar na intensidade, dinâmica, poder de reação, grandes jogadores que decidem jogos com lances individuais fantásticos - disse.

- O Brasil, por exemplo, joga numa lentidão enorme, sem criatividade. Podem ficar nervosos e puxar os cabelos... Não temos nenhum jogador que decide jogos importantes - completou.

+ Veja os próximos confrontos do Brasil nas Eliminatórias

O ex-jogador disse ainda que os jogadores europeus são acima da média em vários aspectos, enquanto a Seleção de Tite se preocupa apenas em garantir a vaga para a Copa ganhando 'cem vezes' das seleções sul-americanas.

- Não acredito que a um ano da Copa do Mundo conseguiremos mudar esse cenário, até porque o Tite gosta do jeito que a Seleção joga. Ele acha importante ganhar cem vezes de Peru, Equador, Bolívia, Paraguai, Chile, enfim. Mesmo assim, o objetivo da classificação para a Copa está praticamente garantido com a vitória difícil contra a "potente" Venezuela, por 3 x 1 - finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos