Cartolouco doará salário no Resende para projeto apadrinhado por Zico

LANCE!
·2 minuto de leitura

O jornalista e jogador Cartolouco tomou a decisão de doar o salário recebido como jogador do Resende para o “Instituto Novo Ser”, que promove, entre outros projetos, o Power Soccer, uma modalidade de futebol para cadeirantes que utilizam cadeiras motorizadas. O Power Soccer tem como padrinho o ídolo e ex-jogador do Flamengo Zico.   

Contratado no início de março, Cartolouco assinou contrato de produtividade com o Resende e recebe um salário de R$ 1200. Caso entre em campo, seus vencimentos podem chegar a R$ 50 mil. O jogador, com presença no campeonato colocada em xeque recentemente por personalidades como o Zico, no entanto, decidiu que o salário recebido no Resende será destinado ao "Instituto Novo Ser", com o objetivo de chamar a atenção para o trabalho desenvolvido pela instituição sem fins lucrativos.

Leia também:

- Me contaram sobre o trabalho desenvolvido pelo "Instituto Novo Ser", me interessei e entendi que é uma causa que merece destaque e apoio. Abracei a oportunidade que tive no Resende para ajudar inclusive muito além do campo. Quero mostrar para todos que o jogo começa pelas mãos do roupeiro, pela dedicação de uma tia que ajuda a servir o almoço no dia a dia até chegar nos jogadores. E quando tiver a oportunidade eu vou colocar bola na rede mesmo e ajudar com gols. A quem se incomodar com minha presença, sugiro conhecer mais sobre o meu trabalho e entender a minha missão aqui - explicou Cartolouco.

​O diretor de marketing do Resende, Marcelo Montenegro, fez um balanço da importância da presença do Cartolouco até o momento. Para ele, o jogador já ajudou dentro e fora de campo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

- O Cartolouco é muito querido dentro do clube e ajuda a promover um ambiente com alto astral e confiança nos bastidores. Isso fica muito claro nos vídeos. O Resende está fazendo uma boa campanha no carioca e é possível dizer que, mesmo sem ter entrado em campo ainda, ele já tem participação nesse bom momento. Também tem sido muito respeitoso e focado em entender a importância de cada profissional no cotidiano do futebol. Sua websérie está retratando de maneira fidedigna o esforço diário de muitos profissionais - contou Marcelo.

Cartolouco segue se preparando no Centro de Treinamento Pelé Academia para alcançar as melhores condições de jogo. Paralelamente, o jogador dá sequência a sua websérie, que tem como objetivo dar visibilidade e valorizar profissionais que atuam nos bastidores do futebol, além de deixar em evidência o trabalho de excelência desenvolvido no interior do estado do Rio de Janeiro, pelo Resende.