Carrasco do Brasil no 7 a 1 é dispensado pelo Dortmund e vê carreira em xeque

Stats Perform News

O Borussia Dortmund, da Bundesliga, e Andre Schürrle, campeão mundial com a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, seguirão caminhos separados no futuro. Conforme anunciado pelo clube nesta quarta-feira (15), ambas as partes concordaram com uma rescisão de contrato amigável.

“Desejamos a você tudo de melhor para seu futuro”, escreveu o clube no anúncio oficial da rescisão feito através das redes sociais.

Aos 29 anos, Schürrle passou a temporada 2019/20 emprestado ao Spartak Moscow, da Rússia, mas tinha contrato com Dortmund até o verão europeu de 2021.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Em retrospecto, foi um período com altos e baixos, mas também com muita experiência valiosa, tanto no âmbito esportivo quanto no âmbito pessoal, principalmente", disse Schürrle, cujo próximo destino ainda não é conhecido.

Após passagem pelo Chelsea e o título da Copa do Mundo - que teve as datas confirmadas pela Fifa para 2022 -, o atacante alemão teve boas atuações com a camisa do VfL Wolfsburg, mas deixou o clube para se juntar ao Borussia Dortmund, pela quantia de 30 milhões de euros, em 2016. No entanto, o jogador não conseguiu atender às altas expectativas que envolveram sua contratação.

Apesar de não ter tido muito sucesso no futebol europeu nos últimos anos, Schürrle é um personagem bem conhecido pelos torcedores brasileiros. 

Na Copa de 2014, disputada no Brasil, ele foi um dos destaques da fatídica semifinal entre a seleção canarinho e a Alemanha no estádio do Mineirão.

Mesmo não começando a partida entre os titulares, o atacante que rescindiu seu contrato com o Dortmund entrou no segundo tempo, quando o placar já estava em 5 a 0. E ao contrário do que muitos esperavam, os alemães não diminuíram o ritmo e Schürrle terminou a partida com dois gols marcados.

Leia também