Carol Solberg lamenta morte da mãe, Isabel Salgado: 'Meu chão foi embora'

Carol Solberg lamentou morte da mãe nas redes sociais (Reprodução / SporTV)


Carol Solberg, filha da ex-jogadora de vôlei Isabel Salgado, quebrou o silêncio e falou sobre a morte da mãe pela primeira vez nas redes sociais. A grande jogadora morreu aos 62 anos no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, no último dia 16.

+ Já classificada para as oitavas, Seleção terá time reserva contra Camarões; veja provável escalação

A também atleta de vôlei de praia, tenta lidar com a perda da mãe aos 35 anos. Em publicação na internet, Carol lamentou a morte de Isabel e agradeceu o tempo que passou com ela e todos os ensinamentos adquiridos ao longo dos anos. Além disso, a atleta alegou estar "perdida" sem a figura da matriarca ao lado.

- Não sei como vai ser andar nessa vida sem estar de mãos dadas com você. Na verdade não sei nada da vida sem ter você do meu lado, não sei onde vou pisar, parece que todo meu chão foi embora num piscar de olhos - publicou a filha da ex-atleta.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O velório de Isabel ocorreu no último dia 17, no Cemitério e Crematório da Penitência do Caju, no Rio de Janeiro. Desde a morte da mãe, Carol não havia se pronunciado sobre o caso até hoje. No dia da cerimônia, a irmã Maria Clara Salgado, que também seguiu os passos da mãe e se tornou jogadora de vôlei, falou em nome da família.

+ Casagrande cita ausência importante para a Seleção Brasileira na Copa do Mundo

- A minha mãe foi um furacão, uma mulher fora do comum. Ela não amava só a gente, minha mãe amava gente. Uma mulher que ensinou a amar e foi muito amada. Hoje foi um dia de celebrar ela, que segue muito viva dentro da gente. Não era a hora dela ainda, que viveu só 62 anos, mas viveu intensamente como poucas pessoas viveram - disse Maria.