Viradouro é a campeã do Carnaval do Rio de Janeiro

Yahoo Vida e Estilo
A Unidos da Viradouro celebra as Ganhadeiras de Itapuã (Foto: Raphael David/Riotur)
A Unidos da Viradouro celebra as Ganhadeiras de Itapuã (Foto: Raphael David/Riotur)

Viradouro é a grande campeã do Carnaval do Rio de Janeiro, com 269,6 pontos, garantindo seu segundo título do Grupo Especial, depois de um jejum de 23 anos - a última vez que a escola ganhou foi em 1997 com Joãozinho 30.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus emails em um só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News: Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

A apuração dos desfiles da escolas de samba do Grupo Especial aconteceu na tarde desta quarta-feira (26) de Cinzas, na Praça da Apoteose, e consagrou a agremiação da Viradouro.

Viradouro é a campeã do Carnaval 2020 (Foto: Raphael David/Riotur)
Viradouro é a campeã do Carnaval 2020 (Foto: Raphael David/Riotur)

A escola venceu com o enredo "Viradouro de alma Lavada", sobre as Ganhadeiras de Itapuã, quinta geração de lavadoras de roupa na Lagoa do Abaeté, que descreve a tradição e a resistência dessas mulheres negras por meio de um grupo musical de mesmo nome. Superando a Grande Rio e Mocidade, que ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Leia também

A Grande Rio manteve a liderança até o penúltimo quesito, evolução, quando perdeu décimos importantes por conta de um problema no carro abre-alas. A Beija-Flor também acabou perdendo pontos no fim.

A Unidos do Viradouro trouxe uma dupla nova de carnavalescos: Tarcísio Zanon e Marcus Ferreira. Os dois tinham como missão substituir Paulo Barros e manter a escola de Niterói entre as primeiras - em 2019, a agremiação foi vice-líder.

A Viradouro descreveu a tradição e a resistência dessas mulheres através de um grupo musical de mesmo nome (Foto: Raphael David/Riotur)
A Viradouro descreveu a tradição e a resistência dessas mulheres através de um grupo musical de mesmo nome (Foto: Raphael David/Riotur)

“Estamos muito felizes. O jovem pode fazer um Carnaval competente, acreditado. Nação Viradouro, esse título é para vocês”, disse o carnavalesco Marcus Ferreira em entrevista para GloboNews. “A comissão de frente é um cartão de visita e acho que fizemos jus a isso”, completou o coreógrafo Alex Neoral.

“Me apaixonei pelo Carnaval em 1997 quando vi ‘Trevas! Luz! A explosão do Universo’ [que deu o título para a Viradouro], e poder estar na Viradouro e trazer o título para Niterói é maravilhoso”, declarou Tarcísio Zanon.

Reviravolta

A Unidos da Viradouro celebrou as Ganhadeiras de Itapuã, mulheres que com sua bravura e valentia fizeram parte do início da história de liberdade do país (Foto: Fernado Grilli/Riotur)
A Unidos da Viradouro celebrou as Ganhadeiras de Itapuã, mulheres que com sua bravura e valentia fizeram parte do início da história de liberdade do país (Foto: Fernado Grilli/Riotur)

“A Viradouro fez um grande desfile e seria uma injustiça não com as outras escolas, mas com a Viradouro que fez um grande desfile. Fomos a segunda escola de segunda-feira, um horário ingrato. Mas a Viradouro e tão grande que ultrapassou isso tudo e ganhou o Carnaval”, afirmou Mestre Ciça, destaque da bateria. Em 2019, ele deixou a Grande Rio e neste ano venceu ao lado da escola de Niterói.

A Unidos da Viradouro celebra as Ganhadeiras de Itapuã, mulheres que com sua bravura e valentia fizeram parte do início da história de liberdade do país (Foto: Raphael David/Riotur)
A Unidos da Viradouro celebra as Ganhadeiras de Itapuã, mulheres que com sua bravura e valentia fizeram parte do início da história de liberdade do país (Foto: Raphael David/Riotur)

"Achei que com as notas da bateria iríamos ganhar o Carnaval. Foi uma disputa ferrenha, décimo por décimo, e as outras escolas também fizeram um grande Carnaval. Grande Rio, Beija Flor", reconheceu Mestre Ciça.

Estácio de Sá e União da Ilha, da rainha Gracyanne Barbosa, foram rebaixadas para a série A do Carnaval carioca. A modelo fitness afirmou em entrevista ao Yahoo! que vai continuar à frente da bateria da escola independentemente do resultado.

De volta ao Carnaval carioca, a dançarina Lorena Improta comemorou o título da sua escolhida para 2020.

“Estou muito feliz. E eu sou pé quente, porque em 2018 quando participei nós fomos campeões do Grupo de Acesso e subimos para o Grupo Especial. E esse ano eu voltei e levamos o campeonato", brincou ela.

Viradouro é a campeã do Carnaval 2020 (Fernando Grilli/Riotur)
Viradouro é a campeã do Carnaval 2020 (Fernando Grilli/Riotur)


Leia também