Carlos reduz meta de gols e descarta briga por vaga com D'Alessandro

Carlos marcou dois dos três gols do Internacional na vitória sobre o Sampaio Corrêa, por 3 a 0, na noite de quarta-feira (15). Embora viva bom momento no Beira-Rio, o atacante que pertence ao Atlético-MG negligencia a meta de 22 gols, estipulada em sua chegada a Porto Alegre, e descarta uma disputa com D'Alessandro.

Após pouco mais de um mês com a camisa do Colorado, o jovem atleta garante que o seu objetivo é alcançar a marca de 19 gols. Mas esta não é uma situação que o preocupa. Ele garante que troca algumas bolas na rede por assistências para os companheiros:

"Eu não estou [preocupado com a meta]. O meu momento é de focar nas vitórias. Se for com gols ou com assistências... Posso terminar o ano com 15 gols e 10 assistências. O importante é a vitória. [O momento no estadual] não chega a ser preocupação, porque ainda temos jogos para disputar. Temos que focar e trabalhar, porque o estadual não é fácil. É um campeonato bem disputado e de bons times", afirmou.

Sobre a possibilidade de brigar com o ídolo D'Alessandro por uma vaga na equipe comandada por Antonio Carlos Zago, Carlos descarta. O atacante assegura que atuam em posições distintas:

D'Alessandro Internacional Sampaio Correa Copa do Brasil 15032017


D'Alessandro é o principal nome do Inter de Zago (Foto: Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação)

"Eu já joguei com ele. Ele joga mais no meio, eu mais pela ponta. Não tem disputa de posição. Ele sempre vai ganhar (risos). Ele está acima. Ele tem moral. Então onde o Zago me colocar para jogar, eu vou estar jogando. O importante é ajudar o grupo. É voltar a poder conquistar vitórias", ressaltou.