Carlos Queiroz retruca Klinsmann no Twitter

Carlos Queiroz orienta o Irã no duelo contra o País de Gales. Foto: Amin Mohammad Jamali/Getty Images
Carlos Queiroz orienta o Irã no duelo contra o País de Gales. Foto: Amin Mohammad Jamali/Getty Images

O técnico Jürgen Klinsmann, que acumula passagens no Bayern de Munique, na Seleção da Alemanha, dos Estados Unidos e no Hertha Berlim, disse que os iranianos fizeram a cabeça dos árbitros em entrevista para BBC. O técnico do Irã, Carlos Queiroz, acessou a sua conta no Twitter e retrucou Klinsmann.

“Você tomou a iniciativa de me chamar de Carlos, então acredito que seja apropriado chamá-lo de Jurgen. Certo? Mesmo não me conhecendo pessoalmente, você questiona meu caráter com um típico julgamento preconceituoso de superioridade”, trecho inicial do pronunciamento do Carlos nesse sábado (26).

Leia também:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Queiroz continuou que não interessa o quanto ele respeita Jürgen pelo aquilo que ele fez como jogador de futebol e que essas declarações do alemão significam uma desonra no cenário da modalidade.

“Não importa o quanto eu possa respeitar o que você fez dentro do campo, essas observações sobre a cultura iraniana, a seleção iraniana e meus jogadores são uma vergonha para o futebol. Ninguém pode ferir nossa integridade se não estiver no nosso nível, é claro”, complementou.

O português convidou Klinsmann para conhecer os CT (Centro de Treinamento do Irã) para que possa conviver os atletas e conhecer essa cultura. Finalizou que aguarda a decisão da FIFA sobra a permanência de Jürgen membro do Grupo de Estudos Técnicos Qatar 2022.

“Mesmo assim, gostaríamos de convidá-lo a vir ao nosso Acampamento da Selecção Nacional, conviver com os jogadores do Irã e aprender com eles sobre o país, o povo do Irã, os poetas e a arte, a álgebra, toda a tradição milenar cultura persa”, parte do comunicado.

“E também ouvir de nossos jogadores o quanto eles amam e respeitam o futebol. Como americano/alemão, entendemos seu não apoio. Sem problemas. E apesar de seus comentários ultrajantes na BBC tentando minar nossos esforços, sacrifícios e habilidades, prometemos que não faremos nenhum julgamento sobre sua cultura, raízes e antecedentes e que você sempre será bem-vindo à nossa Família”, continuação.

“Ao mesmo tempo, queremos apenas acompanhar com toda a atenção qual será a decisão da Fifa em relação à sua posição como membro do Grupo de Estudos Técnicos Catar 2022. Porque, obviamente, esperamos que você se demita antes de visitar nosso acampamento. Carlos”, encerramento.

NO GRAMADO

O Irã venceu País de Gales por 2 a 0 na segunda rodada e uma possível vitória frente aos Estados Unidos o garante nas oitavas de final. A equipe do Oriente Médio está em segundo lugar no Grupo B, ou seja, atrás somente da Inglaterra.