Carlos Brazil lembra invencibilidade do Vasco e projeta melhores atuações 'lá pela 10ª ou 11ª rodada'

Carlos Brazil vive, no Vasco, a necessidade de administrar crises subsequentes (Rafael Ribeiro/Vasco)


A tensão é uma frequente no Vasco, mas a pressão já esteve mais intensa não faz muito tempo. Atualmente, o time beira o G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. E apesar de as atuações do time ainda não convencerem a torcida, o gerente geral de futebol, Carlos Brazil, vê virtudes na trajetória da equipe.

- A gente espera que o Vasco não deixe de estar na briga. Que a gente já veja a evolução desse time nas próximas rodadas. Que os jogadores se adaptem e se conectem mais. Esperamos que lá pela 10ª ou 11ª rodada estejamos apresentando um futebol melhor, no nosso planejamento interno - afirmou Carlos Brazil em entrevista ao canal de televisão por assinatura Sportv. E completou:

- Não se faz um time da noite para o dia. O clube precisa ter uma filosofia implantada de jogo, e os jogadores precisam entender essa ideia. Isso não acontece da noite para o dia, infelizmente. Mas mesmo assim é uma equipe que se mantém invicta e na briga. De certa forma isso é satisfatório - analisou o dirigente.

Além de Brazil e do presidente do clube, Jorge Salgado, o técnico Zé Ricardo estava fortemente pressionado no cargo. O Cruz-Maltino venceu pela primeira vez na Série B na quarta rodada, mas, desde então, empatou fora de casa e ganhou outra partida - a do último sábado, contra o CSA, em São Januário.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos