Carlos Alberto vai às lágrimas ao falar sobre Dinamite e exalta: 'Na mesma prateleira que Zico e Maradona'

Carlos Alberto falou sobre jogadores do Flamengo em entrevista ao podcast 'Mundo GV' (Foto: Reprodução/ YouTube)


Ex-jogador do Vasco e comentarista da Band, Carlos Alberto foi às lágrimas ao falar sobre o ídolo Roberto Dinamite, que faleceu neste domingo, aos 68 anos. Durante participação ao vivo no programa "Show do Esporte na Band", ele se emocionou e rasgou elogios à história do histórico camisa 10 de São Januário.

Ao entrar no programa, Carlos Alberto, primeiramente, desejou forças à família de Dinamite e relembrou o apoio do ídolo em um momento conturbado da sua vida pessoal.

- Queria mandar um beijo para a família que está nos assistindo e prestar as minhas condolências. Meu filho nasceu em 2009 e ele ficou 31 dias na UTI. Na época, ele (Dinamite) era o presidente do Vasco e poderia ter mandado outras pessoas irem me prestar apoio, poderia ter enviado flores, mas não, fez questão de ir lá pessoalmente - revelou.

+ Morre Roberto Dinamite: relembre os maiores feitos do craque com a camisa do Vasco

DINAMITE JOGADOR

Na sequência, o comentarista destacou a importância das homenagens feitas pelo Vasco e pela torcida enquanto Roberto estava vivo e também falou sobre o tamanho do ex-jogador no futebol mundial.

- Fico feliz dele ter recebido essa homenagem da estátua em São Januário em vida. Hoje o time do céu não perde para ninguém: Pelé, Maradona e agora o Dinamite. Como ídolo, ele é o maior da história do Vasco. Não tem Romário, não tem Edmundo, não tem eu, não tem ninguém - disse.

Segundo Carlos Alberto, Dinamite figura entre grandes nomes da história do esporte.

- O que me impressionava nele era a personalidade que ele tinha, a liderança. Na minha opinião, o Dinamite está na mesma prateleira que Zico e Maradona, era um cara genial dentro de campo. O maior artilheiro do Brasileirão, os números dele são inquestionáveis. O Dinamite não foi um ídolo apenas do Vasco, foi um ídolo do Brasil. Ele representou o futebol como poucos .

+ Troféu de artilheiro do Cariocão 2023 ganha nome de Roberto Dinamite

DINAMITE DIRGENTE

Carlos Alberto foi campeão brasileiro da Série B com o Vasco, em 2009. O ex-jogador fez elogios ao período em que Dinamite foi presidente do clube e sua contribuição para colocar o Cruz-Maltino de volta à primeira divisão.

- Só conseguimos aquele título, claro com a ajuda dos jogadores, mas porque eu tive apoio do Roberto, do Rodrigo Caetano e do Dorival Júnior. Eles me davam muita liberdade, até nas contratações da equipe - conta.

+ Lula lamenta morte de Roberto Dinamite e diz: 'Sou torcedor do Vasco no Rio'

DINAMITE FORA DAS QUATRO LINHAS

O ex-jogador direcionou muitas palavras de carinho ao ídolo e falou sobre Roberto Dinamite fora dos gramados. Carlos Alberto lamentou novamente a morte de Dinamite, mas destacou a sua luta contra o câncer nos últimos anos.

- Ele sempre foi um cara generoso e desprovido de qualquer vaidade. Só tenho coisas boas para lembrar sobre ele, como pai, como amigo, sempre foi um cara muito leal. Sempre jogou limpo com a gente. Roberto era um cara muito generoso. Infelizmente, tem coisas na vida que passamos e não compreendemos, só vamos entender quando estivermos com Deus. Ele estava sofrendo muito, acho que a família dele entende que ele precisava descansar.

+ Casimiro: 'Vasco da Gama e Roberto Dinamite serão para sempre um só'

LUTO NO FUTEBOL

O nome que se tornou sinônimo de gol e consagrou-se como maior ídolo da história do Vasco deu seu último adeus. Roberto Dinamite morreu neste domingo, aos 68 anos. O craque travava uma batalha contra um câncer no intestino desde o fim do ano de 2021 e estava internado desde sábado no Hospital da Unimed, na Barra da Tijuca. Além de ter marcado época como o maior artilheiro do Vasco, ele teve dois mandatos como presidente, entre os anos de 2008 e 2014.