Carlin alega crise econômica por covid-19 e Nasr não correrá na abertura da Indy

David Malsher
motorsport.com

A Indy finalmente iniciará a temporada de 2020 neste sábado, no Texas. Mas a prova de abertura do campeonato terá apenas um carro da equipe Carlin, justamente o de Conor Daly, o que significa que Felipe Nasr não estará presente.

Leia também:

Indy divulga novo calendário para 2020 sem etapa de Richmond; vejaFerrari confirma que avalia projeto na Indy a partir de 2022

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em uma declaração curta, a equipe informou: “Devido ao impacto econômico da atual pandemia de Covid-19 na Europa, a entrada planejada do carro #31 da Carlin não será inscrita na abertura da temporada da IndyCar Series deste fim de semana no Texas Motor Speedway.”

“Continuaremos a trabalhar com nossos parceiros na Europa e pretendemos ter duas inscrições para o restante da temporada de 2020.”

"Conor Daly representará a Carlin neste fim de semana na Genesys 300, conforme planejado originalmente com o número #59."

Nasr, o campeão do IMSA WeatherTech SportsCar de 2018 e ex-piloto de Fórmula 1, estava programado para participar da abertura original da temporada da Indy em St. Petersburg. Sérgio Sette Câmara também fazia parte dos planos da Carlin, mas ele se comprometeu com a Super Fórmula Japonesa.

Em outras partes do paddock da IndyCar, acredita-se que Alex Palou (Dale Coyne Racing) e Rinus VeeKay (Ed Carpenter Racing), ambos que estavam na Europa, cumpriram seus 14 dias de quarentena, embora esperassem receber isenções por serem atletas profissionais de elite, de qualquer maneira.

Téo José revela papo com Silvio Santos que causou redução da cobertura da Indy

Podcast: Entrevista com Reginaldo Leme: a lenda na cobertura da F1

Your browser does not support the audio element.

Leia também