Carille não usa desfalques como 'desculpa' para eliminação do Santos

·1 minuto de leitura


O Santos foi para o jogo decisivo contra o Athletico-PR com 14 desfalques. Na zaga, por exemplo, o treinador Fábio Carille só tinha Wagner Leonardo disponível. Apesar disso, o treinador não usou como desculpas para eliminação contra o Furação na Copa do Brasil. O chefe santista também fez questão de elogiar o volante Vinícius Balieiro, que jogou improvisado na zaga.

- Dificilmente vocês vão me ver lamentando ausências, mas sim passando confiança. A partir do momento que eu sabia disso, elaboramos o time. Maior mudança foi o Balieiro, e ele respondeu muito bem. Seguro, tranquilo... Temos que buscar soluções, não lamentar - afirmou o técnico.

Entre os lesionados, estão o goleiro John, Robson Reis, Luiz Felipe, Madson, Kaiky, John, Kevin Malthus, Sandry e Jobson. Os três zagueiros vinham sendo titulares nas partidas com o antigo técnico Fernando Diniz e, agora, com Carille, mas estão lesionados.

Com a eliminação da Copa do Brasil, o Santos agora volta todas as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, a equipe enfrenta o Ceará, e deve contar com os reforços de: Camacho, Moraes, Boza, Jandrei, Léo Baptistão e Velázquez.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos