Carille minimiza jejum de gols do atacante Marinho no Santos

·1 min de leitura


O atacante Marinho vive uma seca de gols no Santos. O último gol do 'Rei da América' da última temporada foi contra o próprio Palmeiras, em 10 de julho, na derrota por 3 a 2. O jogador marcou em cobrança de pênalti. Após isso, o jogador já soma 16 partidas sem balançar as redes.

O técnico santista, porém, vê o jogador como fundamental para a equipe. Fábio Carille enxerga Marinho bem marcado nos jogos e pensa em um coletivo mais forte para que o camisa 11 desencante na temporada.

- Em questão de atitudes não posso reclamar de nada, apesar de não termos jogado bem, mas eles correram demais dentro de campo, falando de todos e também do Marinho. O Marinho passa a ser o jogador a ser marcado. Se eu sou o técnico adversário, vou me preocupar com o Marinho e é isso que está acontecendo. Ele não está tendo espaço, e não estamos criando para que ele seja esse jogador que nós sabemos que ele é. Mas na hora que o conjunto melhorar mais, com certeza o Marinho voltará a ter mais oportunidade e voltar a fazer gols - disse Carille.

Marinho tem outra oportunidade nesta terça-feira, na Vila Belmiro, contra o Red Bull Bragantino, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ambas equipes estão vindo de derrota em casa por 2 a 0 e buscar a recuperação no torneio nacional.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos