Carille lamenta falhas do Santos nas bolas aéreas contra o Atlético-MG

·1 minuto de leitura


O técnico do Santos, Fabio Carille, lamentou os erros da equipe nas jogadas de bola aérea na partida desta quarta--feira, diante do Atlético-MG, no Mineirão. O Peixe saiu na frente do adversário, com um gol de Raniel, mas sofreu a virada com dois gols originados em bolas paradas.

- A bola aérea é algo que incomoda o Santos há muito tempo e hoje voltamos a falhar. O time tinha se comportado bem contra o São Paulo e o Grêmio, mas hoje falhou. Temos de assimilar o golpe que domingo tem mais uma decisão - afirmou o treinador.

No próximo domingo, às 20h30min, o Santos pega o Sport na Ilha do Retiro em mais um confronto direto na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Fabio Carille evitou reclamar do árbitro de vídeo, que anotou dois pênaltis para o Atlético-MG. O treinador afirmou ainda não ter visto os lances, mas não culpou a intervenção do VAR pelo resultado.

- Nossa concentração tem de ser maior. O VAR faz parte do futebol. Independentemente das paradas, a concentração tem de ser total. Temos de ficar mais atentos para que a gente não tome esses gols - afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos