Carille espera receber de três a quatro reforços para o Brasileiro

Preocupado com a decisão do Campeonato Paulista, o técnico Fábio Carille também já começou a fazer projeções para o Campeonato Brasileiro. Ele ouviu da diretoria de que o seu elenco será reforçado para o segundo semestre de 2017.

“É muito provável que cheguem alguns jogadores para o Campeonato Brasileiro. Estamos voltados para as finais do Campeonato Paulista agora, mas sabemos das nossas necessidades. É provável que cheguem de três a quatro jogadores”, previu Carille, em entrevista à ESPN Brasil, nesta quarta-feira.

Apesar de assumir a expectativa de ganhar novos jogadores em seu elenco, o treinador ponderou que “é um pouco chato” indicar as posições carentes no Corinthians. Um dos alvos da diretoria é o atacante Clayson, da Ponte Preta, rival na decisão estadual.

Ao mesmo tempo em que estuda contratações, o Corinthians também tenta se desfazer de quem não vem sendo aproveitado. O contestado meia Guilherme, por exemplo, seguiu por empréstimo para o Atlético-PR.

“O Guilherme estava negociando há alguns dias. Por isso, não vinha sendo relacionado. Ele achou melhor ir. Hoje, faz parte do elenco do Atlético. Mas não vou desistir de nenhum atleta nunca, até que me mostrem o contrário”, disse Carille.

Fagner

O técnico do Corinthians ainda falou sobre a possibilidade de o lateral direito Fagner ser punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) por ter desferido uma joelhada no meia peruano Cueva no último clássico contra o São Paulo. O lance passou despercebido pela arbitragem.

“É uma possibilidade muito ruim. Incomoda essa questão de o TJD não ter uma regra para quando fazer esse tipo de denúncia. Pode ser em cinco dias, uma semana, um mês, e a gente fica perdido, esperando o que vai acontecer”, criticou Carille, sem temer perder Fagner nos jogos decisivos contra a Ponte. “A menos que ele receba cartão amarelo e fique suspenso.”