Carille elogia segundo tempo do Santos e acredita em evolução da equipe

·1 minuto de leitura


Estreante do sábado, o técnico Fábio Carille gostou do desempenho do Santos no segundo tempo do empate em 0 a 0 com o Bahia, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador teve apenas dois treinos com o elenco, mas já viu respostas positivas dentro do que pediu aos jogadores.

"O primeiro tempo não foi legal, mas o segundo foi diferente, teve mais volume, jogamos no campo do adversário. Tenho uma forma de jogar, uma forma de pensar, é pouco, mas muitas coisas positivas aconteceram no segundo tempo e com o dia a dia vai melhorar a chegar perto do que eu penso", afirmou o treinador.

Fábio Carille destacou como pontos positivos as coberturas na defesa e as trocas de lado no ataque, mas espera que o time seja mais agressivo com a sequência dos jogos.

"Foi pouco tempo de trabalho para cobrar muita coisa, não dá, mas já houve um entendimento de cobertura, de troca de corredor, algo que eu pedi bastante e eu gosto. Gostei muito do nosso segundo tempo, a gente rodou muito a bola no campo do adversário, vou começar a cobrar que a gente possa agredir mais o adversário, jogar mais a bola na área, chutar mais, cruzar mais, incomodar mais a defesa adversária. Esse vai ser meu primeiro passo", apontou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos