Carille diz que Guilherme "nunca vai ser o que imaginamos"

Sem entrar em campo desde o dia 11 de fevereiro, meia irá receber nova oportunidade neste domingo (19), contra a Ferroviária

O atacante Guilherme foi contratado pelo Corinthians sob muitas expectativas em 2015. Era esperança de ser o principal jogador do time, mas até agora só decepcionou e frequentemente fica no banco de reservas. Por isso o técnico Fábio Carille diminuiu as expectativas sobre ele em entrevista ao jornal Lance.

"O Guilherme, na questão da intensidade, do que é o Corinthians, a gente pode melhorar muito, mas ele nunca vai ser o que imaginamos de um atleta", afirmou Carille, ciente de que o torcedor do Corinthians gosta de ver atletas mais raçudos em campo.

O técnico acredita que o camisa 10 do Corinthians ainda pode ser muito útil: "a gente tem que ter a inteligência e saber o que ele pode oferecer para nós: uma finalização perfeita, uma oportunidade de deixar o jogador na cara do gol. Ele está no grupo, é qualificado demais e aos poucos vai entrando e tendo sua oportunidade".

Guilherme não joga desde 11 de fevereiro, quando participou do vexame contra o Santo André, uma derrota por 2 a 0 na Arena Corinthians. Neste domingo (12), ele pode receber uma chance contra a Ponte Preta porque Carille pretende usar um time cheio de reservas.