Carille deve utilizar a nona escalação diferente no comando do Santos

·3 min de leitura


O técnico Fábio Carille realizou seu penúltimo treino antes do duelo contra o América-MG, neste sábado (23), às 17 horas, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro e deve ter sua nona escalação diferente a frente do Santos. Sem Wagner Leonardo, suspenso, o treinador santista deve abolir o sistema com três zagueiros e colocar um jogador de frente.

Com a defesa com Boza e Velázquez, o ataque santista treinou com Marinho, Lucas Braga e Diego Tardelli como titulares. Caso se concretize, será a primeira vez que o camisa 99 iniciará uma partida como titular.

Outra alteração no time que vinha jogado foi a saída do atacante Marcos Guilherme, que jogava como espécie de um ala para a entrada do lateral de origem Madson, que está 100% recuperado de dores articulares. O jogador foi relacionado para os contra Grêmio, Atlético-MG e Sport, porém não foi titular.

A provável escalação do Santos é: João Paulo; Madson, Danilo Boza, Emiliano Velázquez e Felipe Jonatan; Camacho, Vinicius Zanocelo e Carlos Sánchez; Marinho, Lucas Braga e Diego Tardelli.

Na sua estreia, contra o Bahia, Carille optou pelo esquema 4-3-3, mas ainda não contou com o atacante Marinho, que se recuperava de lesão.

No segundo jogo, contra o Athlético-PR, Carille manteve o 4-3-3, contou com o retorno de Marinho, mas não teve os jogadores que já haviam disputado a Copa do Brasil por outras equipes (Camacho, Danilo Boza, Moraes) e Léo Baptitstão, que foi contratado após o prazo de inscrições.

Na sequência, diante do Ceará, Carille contou com a estreia do zagueiro uruguaio Velazquez, mas não teve outro uruguaio, Carlos Sánchez, lesionado. Foi a primeira partida dele com três zagueiros.

Diante do Juventude, Carille usou pela última vez o meio-campo com Camacho, Jean Mota e Carlos Sánchez. No clássico contra o São Paulo, o técnico deu a primeira oportunidade ao volante Vinícius Zanocelo na equipe titular e utilizou pela primeira vez Marcos Guilherme como ala pela direita.

Contra o Grêmio, a novidade foi a saída de Felipe Jonatan para a entrada de Lucas Braga como ala pela esquerda.
Contra o Atlético-MG, Carlos Sánchez cumpriu suspensão e foi substituído por Jean Mota. Contra o Sport, Jandrei foi titular na vaga de João Paulo, suspenso, e Raniel assumiu a vaga de Léo Baptistão, lesionado.

Veja todas as escalações do técnico Fábio Carille no comando do Santos:

Santos 0 x 3 Bahia: João Paulo; Pará, Robson Reis, Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Camacho, Sanchez e Pirani; Marcos Guilherme, Léo Baptistão e Lucas Braga.
Santos 0 x 1 Athletico-PR: João Paulo; Pará, Vinicius Balieiro, Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Jean Mota, Sanchez e Pirani; Marinho, Raniel e Lucas Braga.
Ceará 0 x 0 Santos: João Paulo; Danilo Boza, Velazquez e Wagner Leonardo; Pará, Camacho, Jean Mota e Felipe Jonatan; Marcos Guilherme, Leo Baptistão e Marinho.
Juventude 3 x 0 Santos: João Paulo; Danilo Boza, Velazquez e Wagner Leonardo; Pará, Camacho, Jean Mota, Sanchez e Felipe Jonatan; Marinho e Leo Baptistão.
São Paulo 1 x 1 Santos: João Paulo; Vinicius Balieiro, Velazquez e Wagner Leonardo; Marcos Guilherme, Camacho, Sanchez, Zanocelo e Felipe Jonatan; Marinho e Leo Baptistão.
Santos 1 x 0 Grêmio: João Paulo; Vinicius Balieiro, Velazquez e Wagner Leonardo; Marcos Guilherme, Camacho, Zanocelo e Sanchez; Marinho, Leo Baptistão e Lucas Braga.
Atlético-MG 3 x 1 Santos: João Paulo; Vinicius Balieiro, Velazquez e Wagner Leonardo; Marcos Guilherme, Camacho, Zanocelo e Jean Mota; Marinho, Leo Baptistão e Lucas Braga.
Sport 0 x 0 Santos: Jandrei; Danilo Boza, Velazquez e Wagner Leonardo; Camacho, Zanocelo e Sanchez; Marinho, Raniel e Lucas Braga.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos