Carille deve ganhar os reforços de Marinho e Tardelli contra a Chape

·1 min de leitura


Marinho deve ser a grande novidade no time do Santos para o duelo contra a Chapecoense na próxima quarta-feira (17), às 19 horas, na Vila Belmiro, jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. No final de semana, quando o Peixe enfrentou o Atlético Goianiense, o atacante ficou de fora do confronto após apresentar um quadro viral.

No treino desta segunda-feira no CT Rei Pelé, Marinho participou normalmente das atividades com os companheiros e deve ficar à disposição contra a Chape. Antes de ser ausência em Goiânia, Marinho quebrou um jejum de 16 jogos ao balançar as redes contra o Red Bull Bragantino na quarta-feira passada, jogo disputado na Vila. O time do Peixe acabou vencendo a partida por 2 a 0, com Marinho sofrendo também um pênalti nos acréscimos, cobrança convertida por Carlos Sánchez.

Outra novidade no ataque santista para o duelo contra o time catarinense deve ser Tardelli. Poupado do jogo do final de semana por apresentar desgaste físico, o atacante, que é titular do técnico Fábio Carille, só não joga se sentir algo.

Apesar dos reforços para o ataque, Carille tem dificuldades para montar a equipe do Peixe. Emiliano Velázquez, lesionado, e Kaiky, suspenso após o acúmulo de três cartões amarelos, são desfalques para o duelo. Robson deve ficar com a vaga de Kaiky e formar com Luiz Felipe e Danilo Boza o trio defensivo do Peixe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos