Carille admite a superioridade do Palmeiras contra o Santos no clássico

·1 min de leitura


O técnico do Santos, Fábio Carille, admitiu a superioridade do Palmeiras no clássico deste domingo, na Vila Belmiro, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O adversário fez 2 a 0 no Peixe e aumentou para sete jogos a invencibilidade no confronto direto.

- Começamos o jogo com volume maior, com as melhores oportunidades no início, depois a gente se perdeu um pouco na partida. O Palmeiras é uma equipe mais entrosada, com mais tempo jogando junta. A equipe que jogou melhor é a que saiu vencedora no jogo - afirmou o treinador, em entrevista coletiva.

Como o LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE mostrou neste domingo, o Santos entrou em campo com apenas dois jogadores que foram titulares na decisão da Copa Libertadores deste ano. O Palmeiras perdeu apenas um jogador da decisão: Vina.

+ Veja a tabela do Brasileirão e simule os resultados dos jogos

Carille também admitiu que os jogadores do Peixe fizeram um leitura ruim do jogo.

- Sabemos que o Palmeiras é uma equipe que joga em contra-ataque, que busca se aproveitar dos erros dos adversários. Faltou uma melhor cobertura, melhor leitura das jogadas dentro de campo. A ideia era preencher mais o meio de campo, para que a gente pudesse ter mais gente para disputar a bola, já que eles estavam flutuando com quatro jogadores por dentro. Mas mesmo assim continuamos com dificuldade de leitura e o Palmeiras continuou a ter mais posse de bola nessa parte final do jogo - afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos