Capitão nesta quinta, Casemiro opina sobre não-liberação de atletas e diz: 'Todos sonham atuar na Seleção'

·2 minuto de leitura


Escolhido por Tite para ser o capitão da Seleção Brasileira no confronto com o Chile, nesta quinta-feira, pela nona rodada, o volante Casemiro trouxe um panorama da rotina da equipe neste período de preparação para as Eliminatórias da Copa do Mundo. Em entrevista coletiva virtual divulgada na manhã desta quinta-feira (2), o camisa 5 projetou uma partida acirrada no Monumental de Santiago.

+ Veja a tabela das Eliminatórias da Copa do Mundo

- Bom, enfrentar o Chile é sempre muitos difícil. Os jogadores têm muita qualidade, inclusive os que vêm da Europa. Sempre fazem partidas difíceis - declarou.

O atleta também falou sobre os sucessivos vetos a jogadores, como aconteceu com quem atua na Premier League e recentemente com Claudinho e Malcom, do Zenit. E destacou como conseguiu aval para defender a equipe canarinha.

- Olha, é difícil falar caso a caso. No meu caso, tentei deixar bem claro para meu clube e para a Seleção que é um sonho de todo mundo estar aqui. Sempre tentei deixar bem claro que eu queria estar aqui na Seleção, claro que respeitando meu clube e entendendo o lado deles também - declarou.

Em relação à forma como Claudinho e Malcom têm de lidar com perante a situação de deixarem o grupo da Seleção e retornar à Rússia, Casemiro foi taxativo.

- Os grandes atletas tem de se adaptar rápido, né? É uma situação chata, porque todos os jogadores têm um sonho de estar com a Seleção. Mas cada caso é um caso, cada um responde a ele - afirmou.

O volante destacou como tem contribuído para os substitutos (em especial os "novatos") se adequarem à rotina canarinha.

- Falo para não fazerem nada diferente do que fizeram. Claro que existe adaptação à nova comissão técnica Eles chegaram aqui fazendo trabalho nos seus clubes. Têm de manter este trabalho - disse.

Casemiro rechaçou que o futebol de seleções esteja ameaçado devido a esta sucessão de vetos recentes dos clubes.

- Ameaçado é difícil falar porque não só meu sonho mas o de todos os jogadores é atuar no seu país, jogar com sua Seleção e ganhar uma Copa do Mundo. Se perguntar é o maior sonho de todo mundo - garantiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos