Capitão da Sérvia revela torcida para o Brasil e nega crise no elenco

Dusan Tadic, capitão da seleção da Sérvia (Foto: Anne-Christine Poujoulat/AFP)


Sérvia e Camarões ficaram no empate por 3 a 3 pela segunda rodada do Grupo G na última segunda-feira. Após o jogo, a mídia sérvia chegou a especular uma crise entre os jogadores, o que foi negado por Dusan Tadic em coletiva de imprensa nesta terça-feira.

– Só temos que ser positivos, nunca houve um ambiente melhor. Temos que dar o nosso melhor e acreditamos que vamos mais longe. Estou na seleção há muito tempo, nunca houve um ambiente melhor. Vamos seguir em frente. A química foi criada entre os jogadores, há uma boa mistura, nos mantemos unidos, e isso é muito positivo. Só precisa ficar assim, sem problemas – afirmou o camisa 10 da seleção.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com apenas um ponto em dois jogos, o capitão da equipe contou ainda a conversa que teve com o resto do elenco após tropeço nos dois primeiros jogos.

-Conversamos um pouco, está tudo em nossas mãos. Estamos constantemente juntos, falamos constantemente sobre como ser melhor. É isso. Temos de jogar o melhor que sabemos. - afirmou Tadic.

+ Confira tabela da Copa do Mundo


O meia ainda revelou que além de ter assistido o jogo do Brasil contra a Suiça, ficou feliz e aliviado com a vitória brasileira, o que deixou os sérvios vivos na briga pela classificação de uma vaga nas oitavas.

– Sinceramente, fui para o meu quarto, me calei e assisti ao jogo. Alguns segundos antes, cada rugido das arquibancadas pode ser ouvido, ouvi um gol, só diz que não é a Suíça... Primeiro foi impedimento, depois alegria – disse o Dusan.

A Sérvia é o quarto colocado do Grupo G com um ponto e enfrenta a Suiça, que está em segundo com três, na última rodada da fase de grupos precisando vencer e contar com pelo menos um empate do Brasil para avançar às oitavas de final. A partida é na próxima sexta-feira, às 16h (de Brasília). A seleção brasileira enfrenta os Camarões simultaneamente.