Capasso tem erro crucial e é o vilão do Clássico dos Milhões vencido pelo Flamengo

Pedro comemora o presente dado por Capasso, ainda no primeiro tempo do clássico (Armando Paiva/LANCE!)


Quando estreou no Clássico do Milhões, vencido pelo Vasco por 1 a 0, ainda pela Taça Guanabara, o zagueiro Manuel Capasso mostrou personalidade e disposição. Na primeira jogada, um empurrão sem bola em Gabigol, para marcar território. O lance gerou memes e deu moral ao argentino. No entanto, quis o destino que em um novo encontro com o Flamengo, o jogador ficasse marcado mais uma vez, só que de maneira negativa.

No primeiro jogo da semifinal, Capasso protagonizou o lance que mudou a história do clássico. O Vasco empatava em 1 a 1, quando o zagueiro, recebeu dentro da área do goleiro Léo Jardim e falhou de forma brutal ao tocar nos pés de Pedro. O atacante do Flamengo só teve o trabalho de ajeitar o corpo e chutar forte para colocar o Flamengo na frente do placar.

O Vasco voltou a empatar com Alex Teixeira, o que daria ao time a vantagem do empate no segundo jogo da semifinal. Só que o Flamengo voltou a marcar com Fabrício Bruno, de cabeça, após cobrança de falta de Arrascaeta. Na jogada, não só Capasso, mas também Andrey, Puma Rodríguez e Léo ficaram assistindo a trajetória da bola até o zagueiro rubro-negro.

Clássico se decide nos detalhes, seja em chute de rara felicidade como o de Puma Rodríguez na última vitória do Vasco, ou em falha, como a de Capasso, que agora obriga o Cruz-Maltino a vencer o Flamengo no domingo que vem para se manter vivo no Campeonato Carioca.