Canoagem: cubanos são ouro e Isaquias e Jacky ficam em quarto no C2 1000m

·1 minuto de leitura
Jacky Godmann e Isaquias Queiroz nas águas do canal de Sea Forest nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020

Não deu para Isaquias Queiroz e Jacky Godmann na final da C2 1000m, nos Jogos de Tóquio, nesta terça-feira. A dupla de canoístas brasileiros terminou fora do pódio, alcançando o quarto lugar, com um tempo de 3:27.603.

A medalha de ouro foi para os cubanos Serguey Torres e Fernando Jorge (3:24.995), a prata ficou com os chineses Hao Liu e Pengfei Zheng (3:25.198) e o bronze foi para os alemães Sebastian Brendel e Tim Hecker (3:25.615).

"Pode parecer um discurso repetido, mas a gente sabe o quanto a gente treina, treinamos muito, sofremos muito. A gente treinou todo dia, foi duro. Não é porque foi a primeira Olimpíada do Jacky que já está bom, ele treinou muito. Eu vim representar todo cidadão brasileiro, a gente não desiste nunca. A gente chegou aqui bem. A gente sonhava muito com o pódio, então ficamos sentidos, mas demos nosso máximo", afirmou Isaquias Queiroz em entrevista ao canal SporTV.

Isaquias Queiroz, prata na C2 na Rio 2016, volta a competir nas Olimpíadas do Japão na quinta-feira, às 21h52 (horário de Brasília), quando vai disputar a C1 1000m, prova em que ganhou também a prata nos Jogos do Rio de Janeiro.

lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos