Cano vê Fluminense 'muito bem' em empate e exalta Diniz: 'Todos estão convencidos de que vai dar certo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Cano foi o autor do gol do Fluminense contra o Palmeiras (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Fluminense conquistou os primeiros pontos na história no Allianz Parque ao empatar por 1 a 1 com o Palmeiras, neste domingo. O herói para o lado tricolor foi o atacante Germán Cano, que aproveitou passe de Caio Paulista para deixar tudo igual já na reta final. Após o confronto, o jogador deu entrevista coletiva e exaltou o feito fora de casa.

- Foi muito bom. O time trabalhou muito bem, juntou as linhas para fazer nosso melhor jogo. Tivemos a chance de fazer mais gols, mas não aconteceu. Trabalhamos muito bem. Sabemos que o Palmeiras é um time bom, jogadores top. O trabalho foi bom, deixamos tudo no campo. Agora é descansar e continuar - avaliou.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

Cano foi um dos jogadores que precisou mudar um pouco de função com a chegada de Fernando Dinz. O atacante é frequentemente visto no campo de defesa e ajudando na marcação, algo pedido pelo treinador. O argentino explicou a nova função e exaltou o substituto de Abel Braga, que ainda não perdeu desde que retornou ao Fluminense.

- É acreditar no trabalho, no dia a dia. Está convencendo a todos. Os jogadores estão muito bem, ele mudou o pensamento de alguns. O time está muito perto dentro e fora de campo, trabalhando todos os dias. O Fernando está fazendo muito bem esse trabalho. Todo mundo faz parte do Fluminense e qualquer jogador pode fazer a diferença - disse.

- O principal que o Fernando fala é ficar todo mundo perto da bola. Não podemos ficar longe porque não é o trabalho que ele quer. Quando o time está atrás, preciso ficar lá também para jogar, ficar perto dos meus companheiros. É um trabalho diferente e todos estão convencidos de que vai dar certo. Nem todo mundo faz o que o Fernando está fazendo. Acredito muito nisso. Não muda nada, meu trabalho é sempre ajudar o time, é o principal. a equipe é vertical, temos jogadores rápidos na frente. Achamos um contra-ataque rápido para finalizar - concluiu.

Com o resultado, o Fluminense fica em 15º lugar na tabela do Brasileirão, com cinco pontos em cinco jogos. Na próxima quarta-feira, vira a chave para o confronto de volta da Copa do Brasil contra o Vila Nova. O duelo no Serra Dourada será às 21h30.

- O Diniz quer que quando o time fique todo junto quando perder a bola na metade do campo ou na frente. Isso é a garantia do nosso trabalho. Depois é jogar com um ou dois toques, ficar perto do companheiro para ter mobilidade, fazer o facão, ter chances. É o trabalho que me pede. Estou convencido do que ele acha no time, o trabalho é bom, todos estão acreditando muito nele. Espero continuar da mesma maneira - finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos