Cano tem chance? Argentina tem dúvidas para Copa a poucos dias da convocação

Cano analisou a temporada do Fluminense (MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC)


Com 43 gols marcados em 2022, restando uma rodada para o encerramento do Brasileirão, Germán Cano vem infernizando as defesas adversárias. Apesar da boa fase, o atacante do Fluminense parece não ter chamado a atenção de Lionel Scaloni, técnico da Argentina. Faltando poucos dias para a convocação, algumas dúvidas pairam sobre o sistema ofensivo da Albiceleste.

Os números são impressionantes, principalmente pelo fato do centroavante tricolor ter alcançado marcas de Gabigol e Neymar. Na última década, só o atacante do Flamengo, em 2019, e o ex-Santos, em 2012, alcançaram a marca de 43 gols anotados.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

Eleito um dos principais jogadores do Campeonato Brasileiro na seleção do LANCE!, o nome do veterano é comentado entre os torcedores brasileiros. Os mesmos se espantam pela falta de oportunidades com a camisa Albiceleste por conta de sua fase abençoada e goleadora.

> Saiba quem foi o craque do Brasileirão segundo o LANCE!

No entanto, a realidade na Argentina é muito diferente. Germán Cano não é nem citado pelo jornal "Olé" como um dos possíveis convocados na lista de Lionel Scaloni, que está próximo de anunciar os 26 nomes para a Copa do Mundo. Segundo o veículo, o comandante já tem uma lista pré-definida com poucas peças a serem cortadas.

De acordo com a publicação dos hermanos, 22 nomes estão certos que irão disputar o Mundial com a Argentina no Qatar. Com isso, ainda há quatro vagas a serem preenchidas, sendo o sistema ofensivo com o maior número de atletas buscando "um lugar ao sol". Assim, a convocação do artilheiro do Fluminense é considerada muito improvável.

A título de comparação, a Alemanha deu uma oportunidade para Niclas Füllkrug na Copa do Mundo. Aos 29 anos, o atacante do Werder Bremen nunca havia sido convocado para atuar na Mannschaft. Mas os 10 gols na atual edição da Bundesliga convenceram Hansi-Flick a colocar o centroavante na lista de 26 nomes que irão ao Qatar.

VEJA OS ATACANTES ARGENTINOS GARANTIDOS NA COPA:

LIONEL MESSI: O camisa 10 dispensa comentários. Eleito melhor jogador do mundo em sete oportunidades, o craque irá disputar sua última Copa e vive grande fase com a camisa do Paris Saint-Germain, onde marcou 12 gols e contribuiu com 14 assistências em 18 jogos na atual temporada.

LAUTARO MARTÍNEZ: Alvo do Barcelona em um passado recente, o atacante da Inter de Milão é o principal protagonista da equipe de Simone Inzaghi. Em 14 jogos pelo Campeonato Italiano, o Toro anotou sete gols. Com a camisa Albiceleste, são 21 tentos em 40 partidas.

ANGEL DI MARÍA: Embora tenha tido um início de temporada conturbado e marcado por algumas lesões, o veterano também é presença certa na Copa do Mundo. Autor do gol do título da Copa América diante do Brasil, o camisa 11, ao lado de Messi, é um dos remanescentes da equipe que chegou à final em 2014.

JULIÁN ÁLVAREZ: Contratado pelo Manchester City, o ex-jogador do River Plate foi eleito o Rei da América em 2021. Na Inglaterra, o atleta é reserva de Haaland, mas vem aproveitando as chances quando acionado por Guardiola. Com apenas 882 minutos, o jovem já marcou sete gols e deu duas assistências.

NICO GONZÁLEZ: O ponta da Fiorentina vem sendo um dos pilares da Argentina de Lionel Scaloni desde 2019. Apesar de não disputar uma partida oficial desde meados de outubro por conta de uma lesão, o extremo parece ser presença certa no Qatar.

VEJA OS ATACANTES QUE SÃO DÚVIDAS PARA A COPA:

PAULO DYBALA: Após se transferir da Juventus para a Roma, a Joya teve um excelente início de temporada. Em 11 partidas, o atacante marcou sete gols e deu duas assistências. No entanto, o atleta tem uma lesão muscular e sua última partida aconteceu há mais de um mês. No entanto, o argentino voltou a treinar com o grupo nesta sexta-feira.

JOAQUIN CORREA: Reserva de Lautaro Martínez na Inter de Milão, a imprensa argentina trata a presença do atacante como incerta devido ao crescimento de Julián Álvarez. Ainda assim, o atleta é um dos jogadores que mais entra em campo no decorrer das partidas da equipe nerazzurri e ganhou espaço na Argentina desde 2020.

ÁNGEL CORREA: O atacante do Atlético de Madrid é visto como uma peça que pode cumprir diversas funções em campo, o que é um ponto favorável, principalmente após a lesão de Lo Celso. Após perder espaço na Albiceleste entre 2019 e 2020, o atleta voltou a ser figurinha carimbada a partir de 2021 e é mais uma dúvida para Scaloni.