Cano explica escolha por Fluminense, diz não se incomodar com a reserva e garante: 'Se for jogar, farei com alma'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 min de leitura
Cano deve ser titular no duelo com a Portuguesa (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Um dos últimos reforços a serem anunciados pelo Fluminense, o atacante Germán Cano praticamente "pulou o muro" ao trocar o Vasco pelo Tricolor, já que os rivais tem centros de treinamentos vizinhos. Na primeira entrevista coletiva como atleta do Flu, o atacante argentino explicou a escolha após o término do contrato com o Cruz-Maltino. Ele assinou por duas temporadas com o clube das Laranjeiras.

- Escolhi o Fluminense porque é um desafio bom para mim. Durante toda minha carreira sempre fiquei ligado a isso, tratar de jogar, competir em grandes times. Esse desafio no Fluminense foi muito bom porque tem competência, jogadores de muita qualidade. É também um prazer jogar com grandes jogadores como Fred, Felipe (Melo), Fábio, Willian. Há muitos aqui que são mundialmente muito reconhecidos. Gostei muito da presença do presidente para falar comigo, porque ficou muito interessado. Chegar em um time grande, poder jogar, ter opções de gols e de jogo também. Estou muito feliz - afirmou.

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

Cano inicialmente chegará para ser reserva de Fred, que tem contrato até julho deste ano e vai se aposentar. O centroavante afirmou não ter problema em iniciar no banco e garantiu que dará o máximo sempre que for escolhido pelo técnico Abel Braga. Além do camisa 9, o ex-Vasco também disputa com John Kennedy e Willian Bigode, que pode atuar no setor.

- Nenhum problema em ser reserva. Aqui estamos para trabalhar e ajudar o Fluminense a conseguir grandes coisas. Independentemente de quem jogue, quero o melhor para o time e para mim. É um desafio muito grande, se eu tiver que jogar no segundo tempo, farei da mesma maneira. Seja no primeiro, segundo, juntos. Ainda não sei, mas estou certo do meu potencial e do que posso fazer. Se for jogar, vou fazer com a alma. Quando se apresenta a possibilidade de entrar em campo, vou fazer o melhor - analisou.

- Independentemente de quem jogue, tem que fazer o melhor pelo time. Ainda não sei quem vai entrar, mas estou tranquilo porque confio no meu potencial. Gosto de ficar sempre dentro da área, posso sair, mas prefiro esperar a bola. Espero poder jogar com ele e se precisar ficar na reserva vou ficar. Quando entrar farei da melhor maneira possível - completou.

Cano vinha conversando com o Flu desde dezembro, quando definiu que não ficaria no Cruz-Maltino. Com quase 34 anos, o atacante oi importante no Vasco, onde marcou 73 gols e deu quatro assistências, tornando-se o segundo estrangeiro com mais gols pelo clube. O primeiro ano foi o melhor, mesmo com o rebaixamento. Na última temporada, o jogador perdeu pênaltis importantes e foi pressionado, mas teve o apoio da torcida.

- Estou tranquilo. Faz parte do futebol, todo mundo erra pênalti. Estou tranquilo com o meu potencial. O mais difícil do futebol é fazer gols e eu faço. Os meus companheiros do Vasco sabem como eu trabalho no dia a dia. Sempre fui profissional. O time não conseguiu ter uma continuidade, houve muita troca de treinadores, foi difícil entender cada ideia. Mas sempre dei tudo e aqui farei o mesmo. É a minha essência, o que sei fazer. Trabalhar e demonstrar em campo. Estou tranquilo. Faz parte errar pênaltis e gols. Tenho que continuar olhando para frente, o que passou está atrás e agora darei meu melhor pelo Fluminense - comentou.

VEJA OUTRAS RESPOSTAS:

LIBERTADORES


Já tem muito tempo que não jogo a Libertadores. Essa oportunidade do Fluminense que abriu rapidamente as portas foi muito especial. Voltar a atuar nessa competição é importante aos 34 anos. Não imaginava que ia acontecer e agora estou vivendo esse momento lindo. Nem todos podem jogar esse torneio.

MILLONARIOS

O Millonarios lá é um time muito forte, aproveita a altitude. É uma equipe vertical, tem jogadores muito rápidos pelas pontas e que se movimentam bem na frente. Acho que será um jogo difícil, eles vão querer sair para jogar rápido pelos lados e espero poder jogar e ajudar. Quero fazer uma grande partida lá e fechar aqui com uma grande partida para avançar.

CT

Quando cheguei aqui fiquei surpreso com a estrutura boa que tem o Fluminense. O departamento médico, fisioterapeuta, os profissionais de várias partes. Todo mundo fazendo o melhor para que eu fique feliz aqui. Isso percebi desde o primeiro dia. Por isso o Fluminense é um time grande e muito bom, com uma estrutura boa e trabalha sempre olhando para frente.

CONCA

Espero conseguir alguma coisa que ele conseguiu aqui no Flu. Espero que seja uma oportunidade de ganhar nesses dois anos que vou ficar e conquistar coisas importantes. Quero ficar como ele ficou por muito tempo e deixar um legado para os garotos.

COMEMORAR GOL NO VASCO

Todo mundo sabe como comemoro os gols, sempre para o meu filho. Todas sempre para ele. Para mim é um desafio grande poder jogar no Fluminense, estar a altura e fazer um grande campeonato.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos