Campeonato Paulista terá técnico estrangeiro campeão após 46 anos

·1 minuto de leitura


Palmeiras e São Paulo disputam nesta quinta-feira (20), a primeira partida da decisão do Campeonato Paulista de 2021. Visando seu 24º título estadual, e o bicampeonato seguido, o Verdão duela com o Tricolor em um Choque-Rei que ocorrerá apenas pela segunda vez em finais por mata-mata.

Treinados por Abel Ferreira e Hernan Crespo, português e argentino, respectivamente, um longo tabu irá cair após o apito final. Desde 1975, quando o também argentino José Poy levantou o caneco do Campeonato Paulista, nunca mais um estrangeiro levantou a taça. Na ocasião, Poy comandava o São Paulo e derrotou a Portuguesa, nos pênaltis, na decisão. O Palmeiras ficou com a terceira colocação.

Mesmo com tabu perdurando há mais de quatro décadas, apenas dois treinadores de fora do Brasil chegaram perto de ser campeões no período. O primeiro deles foi novamente José Poy, vice com o São Paulo em 1982. O mesmo ocorreu com Dario Pereyra, em 1997, segundo colocado comandando o Tricolor.

Já para Abel Ferreira, quebrar esse tabu também pode colocá-lo na pequena lista de treinadores portugueses que conquistaram o Paulistão, feito que não ocorre há 75 anos. O primeiro e único lusitano foi Joreca, campeão em 1943, 1945 e 1946 pelo São Paulo.