Campeonato Mineiro é suspenso pelo STJD; entenda

Decisão de suspender o Campeonato Mineiro se deve a um imbróglio envolvendo o Betim e o Ipatinga.
Decisão de suspender o Campeonato Mineiro se deve a um imbróglio envolvendo o Betim e o Ipatinga. Foto: (Pedro Vilela/Getty Images)

Às vésperas de sua estreia, o Módulo I do Campeonato Mineiro, a primeira divisão do estadual de Minas Gerais, teve seu início suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na tarde desta sexta-feira por causa de um imbróglio judicial envolvendo o Betim e o Ipatinga, que disputaram o Módulo II do estadual na temporada passada.

A decisão do STJD, divulgada inicialmente pela Rádio Itatiaia, proferida após o requerimento feito pelo Betim, diz que: "Diante desta moldura, outro caminho não há que ser trilhado, senão o da CONCESSÃO DA LIMINAR vindicada, por meio da determinação de suspensão do início do Campeonato Mineiro Modulo I de 2023, até o trânsito em julgado do Processo n.329/22 do TJDMG, ou ulterior determinação deste STJD".

Leia também:

A situação acontece por causa de uma denúncia feita pelo Betim contra o Ipatinga, que teria cometido irregularidades na inscrição de atletas para a segunda divisão do Campeonato Mineiro no ano passado. De acordo com a advogada do clube reclamante, Ana Luiza de Oliveira Ralil, o Betim teria vaga no Módulo I se o recurso fosse aceito: "Trata-se de um recurso voluntário de um processo entre o Betim e o Ipatinga ao qual, se aceito tal recuso, o Betim tem acesso ao Módulo I do Campeonato Mineiro".

Os dois times disputaram o hexagonal final do Módulo II, mas apenas o Ipatinga e o Democrata, segundo e primeiro lugar na tabela de classificação, respectivamente, tiveram as suas vagas garantidas. O Betim acabou em terceiro lugar, sem a classificação para a elite estadual.

Segundo a denúncia feita ainda em 26 de setembro, pelo Betim, o Ipatinga teria falsificado: "a assinatura das carteiras de trabalho de todos os atletas que disputaram a competição, especialmente aqueles que foram relacionados para a partida disputada contra o Boa EC, no último dia 30.07.2022, válida pela 10a rodada da competição".