Campeonato Brasileiro de 2021 terá limite para troca de técnicos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pela primeira vez na história o Campeonato Brasileiro será disputado com limite para troca de técnicos. A medida foi anunciada na noite desta quarta (24) pela CBF e já será válida para a edição 2021 do torneio. Cada time só poderá realizar uma demissão ao longo da competição. Um técnico terá a possibilidade de pedir as contas apenas uma vez e de dirigir no máximo duas equipes diferentes. Se o clube mandar um segundo treinador embora, precisará utilizar alguém que já seja seu funcionário. A nova regra valerá apenas para a Série A do Nacional, que terá início em 29 de maio. A proposta foi apresentada pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, aos 20 clubes da elite do Brasileiro durante congresso técnico e acabou aprovada por uma margem apertada, segundo o GE: 11 a 9. Essa mudança era uma vontade antiga do dirigente da entidade que controla o futebol no país.