Campeões brasileiros na ponta chancelam status de 'maior Série B da história'

Bahia e Cruzeiro dividem a liderança da competição, com 13 pontos ganhos - FOTO: Staff Images


A expectativa pela maior Série B de todos os tempos, ao que parece, vai se concretizar. Passadas seis rodadas, a tabela de classificação já é puxada e liderada por um grupo de peso. Com o Bahia em primeiro lugar, Cruzeiro, Sport, Grêmio, Vasco e Chapecoense completam as seis primeiras posições, respectivamente. Ao todo, esse pelotão de frente soma nada menos que 13 títulos do Campeonato Brasileiro da Série A.

Junto com o protagonismo dos multi-campeões, a competição também já apresenta seus grandes embates. No último domingo (8 de maio), por exemplo, foi a vez de Cruzeiro e Grêmio se enfrentarem em Belo Horizonte. No jogo, que foi muito movimentado e contou com uma Arena Independência cheia, os mineiros venceram por 1 a 0. Para a próxima rodada, o 'cardápio' apresenta 'somente' um Vasco x Bahia, um Chapecoense x Sport e um Náutico x Cruzeiro.

Capitão e uma das principais referências do elenco cruzeirense, o volante Rômulo revela que na prática já dá pra constar que a Série B de 2022 é especial. Analisando a alta concorrência pelo acesso, o atleta ressalta a importância de somar pontos em todas as rodadas, especialmente nos confrontos diretos.

"Estamos percebendo o tamanho desse desafio a cada rodada, tanto no equilíbrio dos jogos, quanto na disputa acirrada pelas primeiras colocações. Sem dúvida alguma, essa é a maior Série B de todos os tempos. Vencer concorrentes diretos te dá a possibilidade de subir na tabela, estagnando os possíveis rivais, mas sabemos é extremamente importante vencer o máximo de partidas. Ao fim da competição, a soma dos pontos conquistados nessas partidas serão cruciais para selar a subida à elite.", contou.

Para quem está chegando agora, o tamanho da montanha a ser escalada é claro e notório. Atualmente na sétima colocação, o estreante Novorizontino é quem puxa a perseguição ao "G6" recheado de gigantes. Feliz com o desempenho da equipe até então, Thiago Gasparini, executivo de futebol do Tigre, prefere olhar para a alta competitividade da edição como fator motivacional para que seu grupo siga evoluindo.

"Nós estamos contentes com o que vem acontecendo, especialmente nas últimas rodadas. Mas temos a consciência de que não podemos nos empolgar. O trabalho precisa continuar sendo bem feito, pois essa Série B será uma competição muito árdua, muito traiçoeira, onde a competitividade será, com certeza, muito grande.", disse.

Além de Bahia, Cruzeiro, Sport, Grêmio e Vasco, o Guarani é outro representante que também possui um título do Campeonato Brasileiro da Série A, e o Criciúma é dono de uma taça da Copa do Brasil.

A próxima (7ª) rodada da Série B começa na próxima sexta (14 de maio). Confira os jogos:

Ponte Preta x Novorizontino
Chapecoense x Sport

Sábado (15 de maio):

Criciúma x CRB
Londrina x Brusque
Tombense x Guarani
Sampaio Corrêa x Vila Nova
CSA x Operário

Domingo (16 de maio):

Náutico x Cruzeiro
Vasco x Bahia
Ituano x Grêmio

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos