Campeão pelo Fluminense, Alexandre Lopes soma títulos na base e participa da formação em Xerém

LANCE!
·2 minuto de leitura


Um dos nomes da campanha que deu ao Fluminense o título da Série C do Campeonato Brasileiro em 1999, o ex-zagueiro Alexandre Lopes hoje participa de outra forma do dia a dia do clube. Desde março de 2018, ele trabalha na formação de jogadores nas categorias de base do Tricolor e viu o desenvolvimento de joias como Calegari, André, Marcos Paulo, Luiz Henrique, Martinelli e John Kennedy, todos na equipe profissional.

> Fluminense termina Brasileirão com a quinta melhor marca desde 2003; relembre as campanhas

- Me sinto muito feliz em fazer parte das categorias de base do Fluminense . Nosso desafio é orientá-los da melhor forma possível, usando nossos valores como um dos pilares metodológicos, entre eles, o respeito. Todos os dias existe uma troca mútua de interação e informação entre comissões, setores e atletas, pois somos uma equipe multidisciplinar. Desta forma, nossa evolução e desenvolvimento como pessoas e profissionais é constante - comentou Alexandre.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO CARIOCA

Quando chegou ao Flu, Alexandre acumulou as funções de treinador do sub-16 e auxiliar do sub-17, conquistando cinco títulos em pouco tempo. Assim, ele acabou promovido à comissão do Sub-20. O sonho é chegar ao time profissional, mas o ex-jogador valoriza a experiência.

- Tenho maior satisfação em ter feito parte do desenvolvimento dos atletas que estão tendo destaque na equipe profissional do clube. Nada substitui a força do trabalho, e levo isso comigo por onde passo. Continuo me desenvolvendo e especializando a cada dia, pois o futebol é muito dinâmico, e temos que estar prontos para qualquer eventualidade. Nunca escondi o desejo de voltar a trabalhar em uma equipe profissional, mas isso será um processo natural - finalizou.

Alexandre Lopes chegou a jogar pela Seleção Brasileira, convocado por Zagallo em 1995. Depois da aposentadoria, ele buscou mais especialização, incluindo no currículo a graduação em educação física, pós-graduação em fisiologia do exercício, as licenças A e B da CBF, além de estágios com o técnico Tite no Corinthians e no Grêmio, com Vanderlei Luxemburgo. Depois, comandou a equipe profissional do Próspera E.C/SC e foi auxiliar nos profissionais do Botafogo-SP, Noroeste e Brasiliense.