Campeão no Morumbi em 2000, Galeano relembra título e afirma estar na torcida pelo Palmeiras

·3 minuto de leitura


O Palmeiras, no próximo domingo (23), terá a chance de conquistar o título do Campeonato Paulista. A partida será realizada no Morumbi, estádio do São Paulo, mas que traz uma boa lembrança ao torcedor do Verdão, pois, em 2000, o time foi campeão do Rio-São Paulo atuando no estádio do rival pela última vez.

Um dos atletas presentes na conquista no fim do século passado, o volante Galeano, relembrou, em entrevista ao NOSSO PALESTRA, a sensação de levantar um troféu na casa do tricolor paulista e comentou sobre o time atual do Maior Campeão Nacional.

O Rio-São Paulo de 2000

A final do Rio-São Paulo de 2000 foi disputada em dois jogos. No primeiro, o Alviverde enfrentou o Vasco no Maracanã e, após vencer os cariocas por 2 a 1, retornou à capital paulista, para, no Morumbi, sacramentar a conquista. Para Galeano, o estádio, apesar de pertencer a um rival, sempre foi o palco de grandes atuações do Verdão.

– Sempre gostei muito de jogar no Morumbi. Mesmo não sendo nossa casa, sempre fizemos grandes jogos e grandes decisões lá. Um estádio que me agrada muito. A sensação de entrar em campo sempre foi a melhor possível.

Ao golear o Cruzmaltino, na segunda partida, por 4 a 0, o Palmeiras sagrou-se campeão do Torneio Rio-São Paulo. No mesmo ano, o clube conquistou o seu 10º título nacional, sendo este o da Copa dos Campeões. Mesmo os títulos tendo dimensões diferentes, o ex-volante afirma que, para ele, são igualmente importantes.

– Ser campeão é tudo. É a realização do trabalho. Cada competição tem uma importância, mas, no final, o título te valoriza da mesma forma. Tenho carinho pelos dois títulos. Ser campeão é muito bom e naquela época conseguimos vários títulos. O Rio-São Paulo e a Copa dos Campeões estão guardados com muito carinho.

O jogo é fora de casa, vai complicar para o Palmeiras?

O Maior Campeão Nacional vive grande fase em confrontos fora de casa. Invicto na temporada e detentor na melhor sequência como visitante da história da Libertadores, a equipe de Abel Ferreira chega com condições de vencer no Morumbi. Para isso se concretizar, porém, segundo Galeano, o time precisa de arriscar mais.

– O Palmeiras encontrou uma maneira boa de jogar fora de casa. Tem surpreendido os adversários e vem conseguindo bons resultados. Lógico, se tratando de uma final, muda um pouco, mas isso é um fator positivo, que o Palmeiras tem que continuar usando. O Palmeiras tem que se impor, até porque está 50% para cada lado. Para criar chances e conquistar o título tem que se arriscar. Então, indo bem fora de casa, por que não, dentro do Morumbi, conquistar esse Campeonato Paulista?

Deste modo, o ex-jogador entende que o mando de campo são-paulino na segunda partida da decisão não será de grande impacto no Palmeiras.

– A casa é do São Paulo, mas é um estádio que te dá condições de jogar, gramado bom, Palmeiras já acostumou a jogar lá. Se tivesse a torcida do São Paulo, poderia fazer a diferença, porque a pressão seria maior, mas sem torcida não acredito que vamos ter dificuldades.

Na torcida por mais um título

Por fim, Galeano confirmou à reportagem que está torcendo para mais um título do Palmeiras e acredita que o time tem chances de ser campeão estadual pela 24ª vez em sua história, além de manter o rival na fila.

– Eu estou na torcida para que a gente possa ser campeão mais uma vez, coroar esse excelente trabalho do Palmeiras. Nada melhor que ser campeão. Claro que enfrenta um adversário que vive um grande momento, mas temos condições e espero que isso aconteça e que possamos gritar mais uma vez “campeão”. Goleada eu acho difícil, mas 1 a 0 já tá excelente, já levanta a taça.

O confronto definitivo entre Palmeiras e São Paulo está marcado para o próximo domingo (23), às 16h (horário de Brasília), no Morumbi.