Campeão do mundo com a Alemanha deixa Stuttgart após briga

O lateral-direito Kevin Grosskreutz rescindiu seu contrato nesta sexta-feira com o Stuttgart, da Segunda Divisão da Bundesliga. Campeão do mundo com a Alemanha em 2014, ele havia se envolvido na última segunda em uma briga, que o levou a ser hospitalizado, mas sem lesão grave.

- No entanto, do ponto de vista do Stuttgart, o evento poderia ter consequências mais graves. Os jogadores mais velhos precisam ser um modelo para o clube em geral e para nossos jovens atletas, em particular - disse Jan Schindelmeiser, diretor esportivo do clube alemão.

A rescisão foi em consenso. O defensor lamentou a briga que levou ao seu desligamento do Stuttgart.



Kevin Grosskreutz

Grosskreutz atuou no time alemão na Copa de 2014 (Foto: AFP)

- Eu cometi um erro, aceito as consequências e me arrependo que meu tempo no clube acabe dessa maneira - comentou.

De acordo com a polícia local, que não divulgou nenhum nome, o jogador foi levado ao hospital com um ferimento na cabeça após levar um soco. O confronto aconteceu entre dois grupos e também levou um jovem de 16 anos ao hospital, mas sem nenhuma lesão grave aparente.

Segundo a imprensa da Alemanha, Grosskreutz deixou uma boate por volta de 2h15 da madrugada (horário local) com três amigos. Eles foram abordados, o atleta recebeu socos e teve sua cabeça jogada contra o asfalto. Os quatro agressores, que tinham idades entre 16 e 19 anos, foram presos pela polícia.

Grosskreutz foi contratado em 2016 pelo Stuttgart junto ao Galatasaray por mais de R$ 7 milhões. O lateral afirmou querer 'ficar longe do futebol' no momento.






E MAIS: