Campeão mundial pela Argentina detona seleção e exige melhora na Copa do Mundo


O ex-atacante Mario Kempes, campeão mundial pela Argentina em 1978, detonou a atuação da Albiceleste na derrota por 2 a 1 diante da Arábia Saudita na última terça-feira, na rodada de abertura da Copa do Mundo do Qatar. O ex-jogador também cobrou ambição do selecionado argentino.

- Foi uma partida que se complicou para Argentina, pois o time não encontrou espaços. Não jogaram bem. Arábia Saudita jogou bem, dentro de suas características e, por isso, venceu a partida - pontuou Kempes, em entrevista à "Rádio 95.1 Pulso".

Conhecido como "El Matador" em seus tempos de jogador, Kempes também comentou a questão do favoritismo dos argentinos e citou que a equipe treinada por Lionel Scaloni, a partir do próximo jogo, precisa "voltar a ser a Argentina".

+ Veja a tabela da Copa do Mundo 2022

- Os jogos nunca são ganhos antes de jogá-los. Essa derrota serve para que a Argentina volte a ser a Argentina, com outro temperamento, com outra ambição e com mais tranquilidade - concluiu Kempes.

+ Após derrota para Arábia Saudita, Argentina volta aos treinos debaixo de calor no Qatar

Para não ser eliminada de forma precoce, a seleção da Argentina precisa vencer o próximo jogo, que será contra o México na sexta-feira, às 16h (de Brasília). A Albiceleste está no Grupo C da Copa do Mundo, que também é composto por Arábia Saudita e Polônia.