Campeão, Liverpool vai receber título da Premier das mãos do City - literalmente

Goal.com

Com 23 pontos de vantagem sobre o Manchester City, o Liverpool se consagrou campeão da Premier League 2019-20, e foi justamente com o tropeço do rival. E, para completar, vai receber o seu troféu no Etihad Stadium, casa da equipe de Pep Guardiola, pois é!

Depois de vencer o Crystal Palace por 4 a 0 na quarta-feira (24), os Liverpool precisava torcer para que o City não superasse o Chelsea no dia seguinte - o que Jürgen Klopp garantiu que não faria.

Quando o juíz apitou o final da partida, o placar marcava 2 a 1 para os Blues e, assim, depois de 30 anos, os torcedores dos Reds puderam soltar o grito entalado na garganta: o Liverpool é o grande campeão inglês da temporada 19-20 e, pela primeira vez, vai poder levantar a tão desejada taça da Premier League.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E o destino preparou mais uma ironia para esta história, o City não só entregou o título para o Liverpool, como também vai entregar a taça, literalmente! Isso porque, na próxima rodada do Inglês, quando os Reds vão finalmente levantar o tão desejado troféu, o jogo é contra o próprio City, em Manchester!

Mesmo sem poder contar com a presença de seus torcedores no momento tão aguardado por três décadas e não ter, por pouco, conquistado o título de forma, a festa do time de Jürgen Klopp não parece que vai ser sem graça. 

Mas as ironias do destino ainda não param por aí, o Liverpool ainda pode quebrar um recorde que pertence ao…. City. Quando foi campeão na temporada de 2017-18, a equipe de Manchester conquistou 100 pontos durante o campeonato. Hoje, os Reds têm 86 somados e, com mais 21 em disputa, pode não só alcançar a marca do City, mas também bater e com folga - caso vença todas as partidas, vai terminar com 107 pontos na temporada 2019-20 da Premier League.

Mas, apesar de tudo isso, Klopp ainda exaltou seu principal adversário na corrida pelo título. Antes da goleada contra o Crystal Palace, o treinador do Liverpool disse: "A única coisa que percebi quando assisti aos jogos deles [do City] é: 'como é possível que alguém esteja 20 pontos à frente desse time?' Isso é impensável, na verdade".

 

Leia também